Esporte/Crônica

(04/09/2012) - Fama no rodeio

O rodeio brasileiro é cheio de talentos nas diferentes modalidades. Keyla Polizello é um exemplo de sucesso nos Três Tambores e Ted Wade Flora é o destaque internacional de montarias em Touro de Barretos. Cada um tem um jeito todo especial de lidar com a fama.

Keyla é descolada e encara a fama com muita naturalidade. Compete em Barretos há sete anos, e contabiliza 10 títulos na maior Festa do Peão do País. Seis títulos foram conquistados no rodeio internacional, dois são da ANTT com finais em Barretos, e os demais são em outros campeonatos. Em toda a carreira, estima que são mais de 200 fivelas.

A amazona, de 26 anos, gosta de contar sobre tudo isso. É extrovertida, sorridente, e diz que não passa apertado quando é abordada por pessoas que a reconhecem na rua. Formada em Jornalismo e Publicidade, já tentou a carreira como radialista e gostou muito. Mas prefere os negócios na empresa com o pai e as provas dos Tambores. Keyla construiu sua popularidade desde criança e a mantém viva e radiante.

Ted Wade Flora é um talento revelado surpreendentemente. Em pouca, porém, duras montarias, saiu do anonimato para o mundo da fama. Deixou de ser mais um competidor que busca se destacar nos rodeios para ser o campeão de Barretos. A fivela fez com que, em um final de semana, o competidor que tinha no currículo os títulos de campeão no rodeio de Cachoeira Dourada (GO) e bicampeão no rodeio de Aparecida de Goiânia (GO) fosse descoberto pelo mundo.

Ted passou a dar entrevistas e a contar timidamente, porém atencioso, para todo o mundo sua história de filho de pai americano com mãe brasileira. Se revela americano com coração brasileiro. Ted tem 19 anos e está aprendendo a lidar com a fama. Sabe que agora ele não será mais anunciado como um simples competidor, mas o campeão de Barretos e isso pesa bastante.

O rodeio revela muitas histórias de sucesso. Cada um lida com sua fama de uma maneira diferente, porém, construída sempre através de preparação, dedicação e muito amor pelo que faz. Keyla e Ted são talentos do rodeio e exemplos da beleza do esporte.

Giovana Leonardi é jornalista


Imprimir