Cidade/Cidade

(10/03/2019) - Lideranças pedem apoio da CPFL para revitalização do centro comercial

Com foto Sem Foto

REUNIÃO: Gustavo Miziara apresentou o projeto do calçadão no encontro com lideranças e representantes da CPFL
Tininho Junior

Diretores da Associação Comercial e Industrial de Barretos (ACIB) apresentaram o projeto de revitalização do centro comercial a representantes da CPFL e pediram apoio para a melhoria da rede de energia. O encontro, realizado no auditório da ACIB, teve as participações também do prefeito Guilherme Ávila, secretários Raphael Ducati e André Peroni, do deputado estadual eleito Major Mauro e de empresários.

O diretor da ACIB, Gustavo Miziara, considerou positiva a reunião para posicionar a CPFL sobre as melhorias previstas no centro comercial. “Eles entenderam a necessidade da ajuda, apresentamos o projeto elaborado pelo arquiteto Daniel Marchesin e a importância dessa parceria, inclusive no que a CPFL pode nos ajudar”, afirmou.  Ele destacou que a empresa irá verificar como pode contribuir com a melhoria da passagem da fiação elétrica do centro da cidade, inclusive de outras empresas de telefonia e internet.  “A reunião esclareceu todos os pontos da execução do projeto de revitalização do calçadão e um novo encontro com o setor de engenharia da CPFL foi marcado para que informem o que podem nos ajudar para minimizar o impacto da fiação nesta parte da revitalização do centro de Barretos”, completou.

A empresa de energia foi representada por Clauber de Marchi Pazin (gerente de serviços de campo), Walter Ferreira Rodrigues (consultor de negócios) e Darlan Antonio de Jesus (coordenador operacional).
 
REMODELAÇÃO
A remodelação do centro comercial de Barretos deve começar em abril com recursos próprios da prefeitura. As modificações iniciais incluem os trechos de calçadão da rua 20 (entre as avenidas 19 e 21) e a avenida 17 (entre as ruas 18 e 20) para permitir a passagem que um veículo por vez. No caso da rua 20, a revitalização será executada da avenida 17 até a 23, seguindo o mesmo padrão urbanístico a ser implantando com a abertura do calçadão entre as avenidas 19 e 21.

 


Imprimir