Cidade/Cidade

(11/06/2019) - Minerva esclarece sobre férias coletivas na unidade de Barretos

Com foto Sem Foto

Empresa diz que atividades serão retomadas no dia 1º de julho
Divulgação

 A empresa Minerva Foods informou que concederá férias cole­tivas aos funcionários da unidade de Barretos de 17 a 30 de junho de 2019, para a realização de manutenção preven­tiva nas instalações e equipamentos. O obje­tivo é garantir a con­servação adequada das instalações e a eficiên­cia máxima da opera­ção. As atividades serão retomadas a partir do dia 1º de julho.

Em nota a empresa informou que a inicia­tiva acontece simulta­neamente à suspensão temporária das expor­tações de carne bovina pelo Ministério da Agri­cultura, Agropecuária e Abastecimento (MAPA), devido à confirmação de um caso de Encefalo­patia Espongiforme Bo­vina Atípica (“EBB”) no estado do Mato Grosso.

“Conforme já divul­gado ao mercado, a Mi­nerva Foods acredita que a suspensão das ex­portações brasileiras é temporária e deverá ser retomada em um curto espaço de tempo, uma vez que, desde 2015, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) exclui a ocorrência de casos de EEB atípica para efeitos do reco­nhecimento do status oficial de risco do país, já que a doença pode ocorrer de forma espon­tânea e esporádica em todas as populações de bovinos do mundo”, in­formou.

A empresa lembra ainda que, por meio de sua operação no Brasil, realiza as exportações para a China via unida­de de Barretos, na qual conta com capacidade diária de abate de 840 cabeças. Neste período, as encomendas de car­ne bovina para a China poderão ser redirecio­nadas para a sua sub­sidiária Athena Foods, que tem capacidade 6,7 vezes maior para aten­der as demandas do país asiático, por meio de três plantas de abate no Uruguai, que possuem capacidade total de 3.200 cabeças/dia, além da planta de Rosário (Argentina), que possui capacidade diária de abater 2.400 cabeças.


Imprimir