Política/Política

(24/08/2019) - Prefeitura demite mais cinco servidores e reintegra outros seis

Com foto Sem Foto

DESFECHO: Demissões aconteceram após denúncia de fraude divulgada pelo prefeito Guilherme Ávila
Tininho Junior

O prefeito Guilherme Ávila e o secretário de administração, Silvio de Brito Ávila, assi­naram portarias que demitiram mais cinco servidores acusados de envolvimento na fraude dos holerites. Outras portarias tratam da reintegração de seis servidores que haviam sido anteriormente de­mitidos pela prefeitura. As publicações ocorre­ram ontem, na impren­sa oficial do município. A fraude dos holerites demitiu inicialmente mais de 100 servido­res acusados de envol­vimento no esquema que desviou cerca de R$ 10 milhões dos co­fres públicos em 2018. Além da sindicância interna, a Polícia Civil e o Ministério Público investigam a fraude. A prefeitura encerrou expediente ontem às 14 horas e retorna o fun­cionamento normal na segunda-feira, dia 26.

ESQUEMA:

A apuração para che­gar ao esquema de frau­de começou em janeiro de 2018 comparando os holerites de servi­dores efetivos e con­cursados com arquivos enviados ao banco. Na série histórica, foram identificados depósi­tos mensais idênticos de R$ 11 mil na conta dos servidores além dos salários. Em outros casos, valores menores também foram identi­ficados nos depósitos. A lista dos servidores integra desde cargos de serviços gerais até chefes de setor, sendo a maioria ligados à Secretaria de Adminis­tração.


Imprimir