23 de Outubro de 2019 | 07:25:26

23 de Outubro de 2019 | 07:25:26

18/04/2012 | Esporte / Crônica

Uma boa experiência

Por Adelaide Lavanini

A disputa da primeira fase da Série A-3 em 2012 foi uma boa e enriquecedora experiência para o Barretos Esporte Clube. Não somente para os jogadores e equipe técnica, mas também diretoria e apoiadores de uma forma geral. O time estava diante de um novo desafio para este ano.

O de disputar jogos com equipes maiores e bem mais estruturadas, tradicionais e que estavam dispostas e focadas em levar o título ou mesmo passar para a segunda fase.

Era briga de gente grande e o BEC com seu merecido lugar pela campanha de 2011 esteve lá para fazer sua parte. Cumpriu o papel de vencer partidas decisivas e difíceis especialmente as fora de casa onde a torcida local podia ser um ponto negativo.

O amadurecimento de toda equipe veio com o decorrer da competição, com os tropeços, momentos difíceis e na hora de tomar decisões ousadas e arriscadas como a mudança do técnico pouco antes da fase terminar.

O BEC neste ano tinha a árdua missão de não cair. Disputar com equipes maiores e talvez mais preparadas era um bom desafio para quem pretende no futuro entrar para levar o título.

Agora, o Touro do Vale assumiu o compromisso de disputar a Copa Paulista. Os movimentos para montar time, contratar e traçar plano estratégicos já começaram.

Na Série A-3 de 2012 o Barretos Esporte Clube pode até não ter levado o caneco, mas ganhou a experiência e amadurecimento dois ingredientes necessários para se fazer um time campeão!

Adelaide Lavanini é jornalista