21 de Setembro de 2014 | 23:09:32

28/07/2013 | Opinião / Editorial

O abraço do Papa Francisco em Nathan

Cena emocionante com o Papa Francisco na Jornada Mundial da Juventude

O garoto Nathan de Brito, de 9 anos, abraçou o papa Francisco, pouco antes de o santo padre chegar ao Palácio São Joaquim, no Rio de Janeiro. O papa Francisco seguia no papamóvel ao lado de dom Orani Tempesta, quando o garoto se aproximou. Passou pelos seguranças e pequeno, olhou e acenou para o sucessor de Pedro. Um auxiliar da guarda suíça ergueu o menino.

Nathan abraçou o papa.

A cena foi um dos momentos mais emocionantes da Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro.

Um garoto de 9 anos mostrou coragem e determinação.Um menino saiu de Cabo Frio ao lado de pai Aguinor Brito e foi até a sede da arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro para fazer uma revelação.

Quando o papamóvel passou, Nathan se aproximou do papa e disse:

- “Santidade, quero ser sacerdote de Cristo, um representante de Cristo”.

O garoto começou a chorar, abraçando o santo padre.

O papa Francisco ficou emocionado com as palavras de Nathan. As imagens divulgadas pelo pool e registradas por fotógrafos apontam a surpresa do Vigário de Cristo, recordando uma passagem do evangelho. Como é possível tanta Fé num menino de 9 anos. O papa disse ao Nathan:

- “Vou rezar por você, mas peço que também reze por mim. A partir de hoje sua vocação está concretizada”.

O papa Francisco recebeu um beijo e um abraço do menino. Foi longo e carinhoso. O instante foi curto e profundo. E desceu então do papamóvel um garoto emocionado, chorando e feliz....

O futuro de Nathan está nas mãos de Deus. Entretanto, o presente do garoto está vivo e emociona todas as pessoas de boa vontade.

O abraço no papa foi a todos os brasileiros inocentes, simples, corajosos. Nathan retrata em sua coragem, em sua vontade e em sua vocação a alma do brasileiro.

Cada brasileiro tem hoje um abraço a oferecer a Nathan.