14 de Outubro de 2019 | 18:31:31

14 de Outubro de 2019 | 18:31:31

22/08/2013 | Especiais / Gastronomia

Queima do Alho à moda do João Paulo e Dorival

Prato típico ganha mais sabor com toques dos especialistas

Queima do Alho à moda do João Paulo e Dorival

João Paulo Martins e Dorival Gonçalves coordenam a competição gastronômica
Aquino José

Ampliar foto

A cultura do peão estradeiro é mantida pela organização da Festa do Peão. Competições de toque do Berrante e Queima do Alho relembram a época em que os animais eram guiados estrada a fora pelos tropeiros. Os coordenadores do concurso gastronômico João Paulo Martins e Dorival Gonçalves são especialistas quanto o assunto é carne serenada, arroz carreteiro, feijão gordo e paçoca de carne.

O concurso existe na Festa de Os Independentes há 57 anos e consiste em disputa entre comitivas que além de fazer a comida mais saborosa deve utilizar rigorosamente toda a “tralha” do estradão. Um dos segredos do prato preparado por João Paulo e Dorival está no sal que deve ser sem química. Para dar mais sabor, eles utilizam também banha de porco, óleo de milho, pimenta de cheiro, alho e cebola. 

Para a receita do arroz carreteiro que serve até 10 pessoas os especialistas usam um quilo de arroz, um quilo de charque, oito dentes de alho, uma cebola média e um copo americano de óleo de milho. João Paulo explica que o charque deve ser cozido em panela grossa e depois deve-se bater em uma tábua até que fique em pedacinhos pequenos. 

Reserve, prepare o alho e a cebola bem picadinhos junto com a pimenta de cheiro. Quando  a mistura estiver dourada coloque a carne para fritar, acrescente o arroz sem lavar e junte água fervendo. Cozinhe em fogo alto e quando estiver secando abaixe o fogo, acrescente mais um pouco de água e após cinco minutos “tombe” o arroz, isto é passe a parte de baixo para cima. Deixe secar por mais dez minutos e corrija o sal. No dia 24 de agosto dezenove comitivas participam da competição culinária no Rancho Ponto de Pouso.