24 de Julho de 2014 | 17:00:26

01/11/2013 | Opinião / Opinião Aberta

Obrigada senhor Deus

Por Márcia Maria de Andrade

Querido irmão Márcio Roberto Andrade.

Que saudades... Como é bom recordar de você, sinto muita alegria, paz, confiança e amor eterno à Deus pela sua passagem aqui nesse mundo bom, mas cruel.

Realmente você descansou meu irmão, porque sofrestes muito, por muitas coisas que não te agradaram.

Mas você cumpriu bem a sua missão de bom filho, excelente irmão e consciente cristão por atender a todos com amor e disposição, quando necessitavam de auxílio principalmente por seu trabalho difícil no cemitério.

Caminhavas no cemitério debaixo daquele sol quente de verão, sobre seus pés subiam alguns escorpiões que para você era comum, pois (aquele local) tem muitos insetos nojentos. Também atendia a todos com presteza, porque sempre ouvi pessoas que falavam-me a seu respeito. Que bom!

Hoje lembrei-me de que há um ano atrás você estava empolgado com a reforma, pintura, enfim com a restauração da capela do cemitério (um sonho de trinta anos). E conseguiu com a ajuda de muitas pessoas e senhoras de caridade, recuperar a capela para o Dia de Finados de 2012.

Que maravilha! Valeu meu irmão...

Porque hoje você repousa neste local como querias, num túmulo simples de terra e só me resta falar-lhe:

Meu irmão Beto tudo foi muito bom!

Você venceu e está na gloria de Deus vendo-o face a face... Junto com nossos pais e a Virgem Maria, e acima de tudo com Jesus Cristo na vida eterna.

Obrigado senhor Deus por esta pessoa fazer parte de minha vida.

Dai-lhe Senhor o descanso eterno e que a luz perpétua o ilumine!

Márcia Maria de Andrade