14 de Outubro de 2019 | 01:26:32

14 de Outubro de 2019 | 01:26:32

10/05/2014 | Especiais / Viagem e Turismo

Hotéis brasileiros registram 240 mil reservas em dia de jogos na Copa

Pesquisa aponta que Rio de Janeiro é o destino mais procurado pelos turistas durante o Mundial

Hotéis brasileiros registram 240 mil reservas em dia de jogos na Copa

Rio de Janeiro é a cidade-sede mais procurada pelos turistas durante a Copa
Divulgação

Ampliar foto

Pesquisa realizada pelo Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil aponta que até o mês de abril foram registradas 240 mil reservas de diárias em hotéis nas cidades-sede da Copa do Mundo nos dias e nas vésperas de jogos. Rio de Janeiro foi o destino mais procurado, seguido por Natal e Cuiabá.

Segundo o Ministério do Turismo, que monitora a situação dos meios de hospedagem, o levantamento serve de parâmetro, pois revela a ocupação dos maiores estabelecimentos hoteleiros nas cidades-sede.

Ainda de acordo com a pesquisa, aproximadamente 93% dos hotéis pesquisados na Cidade Maravilhosa já estão com pacotes fechados para os dias 12 e 13 de julho, data final da competição. Os percentuais de ocupação no Rio de Janeiro também estão acima dos 83% para as datas de jogos da primeira fase da Copa, bem como das oitavas e quartas de final.

Natal, por usa vez, apresenta 85% de reservas feitas entre os dias 15 e 16 de junho para o jogo entre Gana e Estados Unidos. Depois dos brasileiros, os norte-americanos são os que mais ingressos compraram até agora para a Copa, com 125.465 ingressos. Outra cidade com alta ocupação dos hotéis é Cuiabá. Nos dias 23 e 24 de junho, quando acontece a partida entre Japão e Colômbia, as reservas em hotéis já chegaram a 79% dos leitos nas principais redes.
Entretanto, a pesquisa aponta que cidades como São Paulo (24%), Porto Alegre (62%), Curitiba (44%) e Salvador (57%), ainda possuem boa disponibilidade de vagas.

ALTERNATIVA
Em 2011, um estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), encomendado pelo Ministério do Turismo, sobre serviços de hospedagens, mapeou a oferta de leitos nas 27 capitais brasileiras e mostrou que de um total de 7.479 mil estabelecimentos registrados, 70% estão localizados nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo e suas regiões metropolitanas.

Há, ainda, um plano de hospedagem alternativa que acrescenta 59.713 leitos às capitais da Copa. Desses, 3.491 são da modalidade pensões; 3.804 em albergues; 22.478 leitos em imóveis para aluguel e 29.940 em motéis.
Durante o período da Copa, o Ministério do Turismo gera a expectativa de pelo menos 600 mil estrangeiros e cerca de 3 milhões de brasileiros circulando pelo Brasil.