14 de Outubro de 2019 | 01:07:29

14 de Outubro de 2019 | 01:07:29

30/05/2012 | Política / Política

Projeto do lixo completa 9 meses sem votação

Matéria entrou na pauta em agosto de 2011

Projeto do lixo completa 9 meses sem votação

Vereadores ainda não decidiram se aprovam ou rejeitam a proposta do plano regional de destinação do lixo domiciliar
Arquivo

Ampliar foto

Os vereadores ainda não decidiram se aprovam ou rejeitam a proposta do plano regional de destinação do lixo domiciliar, num consórcio que envolve os municípios de Barretos e Bebedouro.

O projeto foi enviado pelo prefeito Emanoel Carvalho ao Legislativo no dia 16 de agos-to de 2011 e desde então, passados mais de 9 meses, ocorreram pedidos de adiamento e de vista.

A matéria dispõe sobre o plano de saneamento básico que será gerido pelo Consórcio Intermunicipal para Gestão Integrada de Resíduos Sólidos.

“O projeto não é simples, pois se trata de uma tentativa de achar uma nova forma para destinação do lixo”, declarou o presidente da Câmara, Juninho Leite.

Em outubro passado o Legislativo formou uma comissão de estudo sobre o tema, que hoje é composta pelos vereadores André Rezek, Aparecido Cipriano e Guilherme Ávila.