23 de Outubro de 2019 | 02:28:15

23 de Outubro de 2019 | 02:28:15

21/06/2014 | Especiais / Viagem e Turismo

Teresópolis ganha destaque ao se transformar na Casa da Seleção Brasileira

Verde e amarelo se tornaram as cores oficiais da cidade, que foi escolhida para ser a concentração do time na Copa

Teresópolis ganha destaque ao se transformar na Casa da Seleção Brasileira

Turistas afirmam que Seleção Brasileira está abençoada pelo Dedo de Deus, o símbolo de Teresópolis
Divulgação

Ampliar foto

Conhecida como “Cidade Universitária” por atrair muitos jovens de outros municípios e Estados, Teresópolis se transformou na Casa da Seleção Brasileira em época de Copa do Mundo no Brasil. O verde e amarelo se tornaram as cores oficiais da cidade, fator que atrai cada vez mais turista ao local.

O município também foi o escolhido pelo time brasileiro para ser o local de concentração na Copa das Confederações em 2013. Na cidade, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) construiu um dos mais modernos Centro de Treinamento do Mundo, por isso, a Granja Comary é palco das atenções de visitantes e jornalistas.

O Museu Municipal do Esporte, que conta um pouco da história dos desportistas teresopolitanos em competições nacionais e internacionais, é outro atrativo do lugar. Com arquitetura dinâmica, entre as atrações do seu acervo estão medalhas, troféus, equipamentos e material de diferentes esportes utilizados nas competições.

As belezas naturais, uma rede hoteleira variada e a gastronomia também são diferenciais na Casa da Seleção Brasileira. Muitos visitantes afirmam que o Time Canarinho está abençoado devido ao “Dedo de Deus”, pico com 1.692 metros cujo contorno assemelha-se a uma mão apontando o indicador para o céu. Localizado entre os limites do Parque Nacional da Serra dos Órgãos no município de Guapimirim, o monumento pode ser visto com mais perfeição a partir do Mirante do Soberbo, na entrada de Teresópolis.

Outra grande atração que vale a pena ser visitada são as fontes de águas minerais que brotam em diversos pontos da cidade. A Fonte Judith, a mais famosa, é revestida de azulejos portugueses, possui cinco saídas d’água em forma de faunos, que despejam águas medicinais.