22 de Setembro de 2019 | 11:33:12

22 de Setembro de 2019 | 11:33:12

31/01/2015 | Economia / Economia

Preço médio de carnes tem aumento de 3,02% em Barretos

Procon pesquisou seis estabelecimentos comerciais entre os dias 26 e 28 de janeiro

Preço médio de carnes tem aumento de 3,02% em Barretos

Segundo o Procon, o aumento atingiu principalmente as carnes bovinas
Divulgação

Ampliar foto

Pesquisa realizada pelo Procon aponta que o preço médio das carnes aumentou 3,02% em janeiro na comparação com novembro. No mês de dezembro a pesquisa do órgão foi sobre os preços das carnes tradicionais nas festas de final de ano.

De acordo com o Procon, o peito de frango com osso  tem variação de preço de 100% neste mês, a maior entre todos os produtos, pode ser encontro por R$ 4,99 à R$ 9,98.
O preço da carne seca varia entre R$ 17,99 e R$ 32,98, diferença de 83%. O item com a menor variação de preços entre os estabelecimentos comerciais é a paleta bovina sem osso, 16%, de R$ 12,79 a R$ 14,90.

A pesar disso, segundo o Procon, o aumento atingiu principalmente as carnes bovinas. O coxão mole, por exemplo, teve variação de 6,35% entre o menor preço em novembro e o menor preço em janeiro, R$ 14,95 e R$ 15,90, respectivamente. A paleta com osso variou 6,67% entre os meses de referencia no menor preço R$ 11,99 para R$ 12,79.

O preço do frango inteiro teve uma redução considerável de 80,26%, em relação ao menor preço no mês de novembro, R$ 5,39 para R$ 2,99.
Segundo o Procon, essa variação pode ser ocasionada devido algumas promoções realizadas pelos estabelecimentos comerciais. O órgão orienta o consumidor a pesquisa antes de realizar a compra para uma maior economia.