19 de Outubro de 2018 | 00:40:42

12/02/2015 | Política / Política

Câmara revoga artigo em Lei e autoriza prova do laço em Barretos

Município poderá sediar eventos da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha

Câmara revoga artigo em Lei e autoriza prova do laço em Barretos

Proposta foi apresenta pelo vereador Luiz Umberto Sarti
Tininho Junior

Ampliar foto

A Câmara revogou o artigo 2 da Lei Municipal número 4.446 de 29 de dezembro de 2010 que impedia a realização de qualquer tipo de prova do laço ou vaquejada em Barretos. A proposta foi apresentada pelo vereador Luiz Umberto Sarti (SDD) argumentando que a  realização de eventos com as provas serão benéficas para o turismo e aquecimento da economia local. O presidente de Os Independentes, Jerônimo Muzetti, participou da sessão ordinária e declarou que a intenção é trazer eventos do porte de Avaré como o “Potro do Futuro” e a “Copa Campeão dos Campeões”. 

“Temos um calendário de provas que acontece de janeiro a agosto no Parque do Peão e agora mais uma prova que poderá ser realizada trazendo inúmeras pessoas todos os meses gerando recursos para o município”, disse. Segundo o presidente, existe a possibilidade de Barretos sediar Congressos da ABQM (Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha).  “Durante a Festa do Peão a prova não entra no calendário”, disse. “O núcleo Quarto de Milha gera recursos, realiza leilões e é uma satisfação imensa trazer a indústria do cavalo para Barretos”, acrescentou.  A expectativa é de que em três meses eventos desse tipo sejam realizados no município. “Será um diferencial, todo mês uma grande prova”, finalizou.

PROVA DO LAÇO: A competição atesta a habilidade e a rapidez do competidor. O bezerro rompe a barreira e o cavaleiro deve laçá-lo, descer do cavalo e imobilizá-lo, amarrando três de suas quatro patas. Tudo é cronometrado e vence quem realizar a tarefa completa no menor tempo. Para indicar o fim da laçada o cavaleiro, posicionado sobre o bezerro, levanta as duas mãos.