23 de Outubro de 2019 | 07:52:10

23 de Outubro de 2019 | 07:52:10

11/08/2015 | Especiais / Agronegócio

Presidente da Coopercitrus estima volume financeiro de R$ 300 milhões em feira

Evento agrícola encerrou programação em 6 de agosto com a presença do secretário estadual Arnaldo Jardim

Presidente da Coopercitrus estima volume financeiro de R$ 300 milhões em feira

VALORES: Presidente da feira, José Vicente da Silva, está otimista com os resultados mesmo em ano de crise
Tininho Júnior

Ampliar foto

O presidente da Feacoop, José Vicente da Silva, estima que a feira de agronegócio da Coopercitrus tenha encerrado a edição 2015 com movimento financeiro de R$ 300 milhões. Segundo ele, a expectativa dos organizadores era alcançar pelo menos o mesmo volume do ano passado, quando foram gerados por volta de R$ 200 milhões em negócios.  O presidente confirmou que, para obter êxito mesmo em ano de crise, a Coopercitrus se preparou para atender os cooperados tanto para aquisição dos insumos quanto para oferecer as linhas de crédito.

“As linhas são de suma importância para o desenvolvimento da agricultura, mas nos preparamos, claro não vamos resolver o problema do Estado de São Paulo ou  do Brasil, mas o problema dos nossos cooperados está resolvido”, afirmou. José Vicente declarou que as parcerias com bancos privados, cooperativas de crédito e Credicitrus, possibilitou disponibilizar por volta de R$ 200 milhões em recursos somente para a Feacoop. “O total de crédito que a gente distribui no ano agrícola chega perto de R$ 1 bilhão, estamos fazendo nossa parte oferecendo produtos e condições financeiras para aquisição”, disse.  “Graças a Deus posso afirmar que vamos chegar perto dos R$ 300 milhões em negócios o que representa de 20% a 30% a mais que o ano passado e isso para nós é um volume extraordinário”, acrescentou.

FEIRA: A Feacoop 2015  disponibilizou para os produtores em um mesmo espaço, soluções integradas compostas por todos os produtos e serviços oferecidos pela cooperativa. Com o apoio de cerca de 160 empresas parceiras, a Feacoop apresentou novidades do mercado agrícola e ofertará produtos com condições diferenciadas em insumos, máquinas e implementos agrícolas, fertilizantes, agricultura de precisão, entrega de óleo diesel na propriedade rural, projetos de irrigação, saúde e nutrição animal, assistência técnica, armazenagem de grãos na propriedade, sementes, além de oportunidades comerciais como a troca de grãos por produtos e serviços, preços, prazos, e financiamentos oferecidos pelos maiores agentes financeiros do país. A feira foi realizada de 3 a 6 de agosto, na estação experimental de Bebedouro. O secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Arnaldo Jardim, fechou a programação.