21 de Março de 2019 | 15:16:19

21 de Março de 2019 | 15:16:19

05/12/2015 | Esporte / Outras Modalidades

Diego Hypólito compete em Barretos antes de preparação para Olimpíada

Ginasta representa São Bernardo do Campo nos Jogos Abertos e elogia recepção da cidade

Diego Hypólito compete em Barretos antes de preparação para Olimpíada

PARTICIPAÇÃO: O ginasta Diego Hypólito durante prova de salto em Barretos pelos Jogos Abertos do Interior
Tininho Junior

Ampliar foto

O ginasta Diego Hypólito participou das provas de  salto, solo e cavalo nos Jogos Abertos do Interior. Em ação na tarde de ontem no Centro de Esporte Racibe Rezek em Barretos, ele afirma que a competição na cidade é importante, pois é a última antes de iniciar a preparação para a Olimpíada no Rio de Janeiro em 2016. Diego reforça a vontade de representar o país no Rio de Janeiro e elogia a recepção do povo barretense. “Os Jogos Abertos são importantes para minha cidade e uma competição que tem os novos talentos. É a última competição do ano antes do ano olímpico, que pretendo representar o Brasil na Olimpíada. Estou contente de estar aqui, a cidade me recebeu bem, Barretos é uma cidade bem calorosa que tem grandes atrações. Fico muito feliz de representar São Bernardo do Campo”, contou.

Recepcionado por competidores mais jovens em Barretos, Diego Hypólito destaca que servir de exemplo no esporte o motiva a buscar seu melhor desempenho. “Independente de ser eu ou qualquer atleta, o importante é fazer seu melhor, incentivando novos talentos, que para mim tem muita motivação. Todas as vezes que vejo alguém querer ser como eu, me motiva para que eu consiga tentar resultados expressivos e incentivar as crianças”, disse. “As competições para a Olimpíada começam a partir de janeiro. Os Jogos Abertos são para finalizar o ano bem representando minha cidade”, concluiu.

O ginasta Diego Hypólito, 29 anos, é natural de Santo André, é bicampeão mundial de solo, medalhista Pan-Americano e membro ativo da seleção brasileira. Na Olimpíada de Pequim, em 2008, Diego encerrou na 6a colocação, único representante do país na modalidade.