24 de Setembro de 2017 | 07:26:18

19/06/2017 | Cidade / Cidade

Família busca apoio para tratamento de menino nos Estados Unidos

Colaboração pode ser feita com familiares também em Barretos

Família busca apoio para tratamento de menino nos Estados Unidos

TRATAMENTO: Kaká aguarda cirurgia nos Estados Unidos
Divulgação

Ampliar foto

A família do menino Carlos Eduardo Capucho Maia, o Kaká, está empenhada em viabilizar tratamento nos Estados Unidos. O garoto de  nove anos  mora em Goiânia e teve paralisia cerebral quando nasceu. Com isso, o movimento das pernas ficou afetado e pequenas tarefas do dia a dia são um desafio. A viagem e a cirurgia custam R$ 280 mil. O radialista Giuliano Capucho, tio de Kaká, confirmou que serão realizadas ações também em Barretos na busca de recursos, incluindo um almoço no mês de julho, cuja data e o local ainda serão divulgados. “O sonho do Kaká é jogar bola, por isso estamos todos empenhados em conseguir este dinheiro para a cirurgia nos Estados Unidos”, contou.

Hoje, para se locomover pela casa, Kaká conta com a ajuda de um andador.  O garoto faz acompanhamento no Centro de Reabilitação e Readaptação Doutor Henrique Santilo (Crer), em Goiânia.  Os familiares descobriram uma cirurgia nos Estados Unidos que pode ajudar na recuperação de Kaká, que já está marcada para novembro. Mas, para isso, a família precisa conseguir todo o dinheiro. Os pais começaram uma campanha em redes sociais - no facebook    Todos pelo Kaká  e no instagram Todos pelo Kaká.  Em Barretos quem quiser colaborar pode entrar em contato pelo telefone  98194-2127 com Sonia Aparecida Lopes (avó de Kaká) ou com Giuliano Capucho (tio do garoto) pelo telefone 99109-0448.


FILANTROPIA: Giuliano Capucho explicou sobre as ações que serão realizadas em Barretos em prol de seu sobrinho Kaká