19 de Setembro de 2017 | 17:36:03

15/07/2017 | Política / Política

Denúncia contra Temer será votada no Senado em 2 de agosto

Presidente é acusado de corrupção passiva

 Denúncia contra Temer será votada no Senado em 2 de agosto

O presidente Michel Temer
Divulgação

Ampliar foto

O presidente da Câmara Rodrigo Maia anunciou  que a votação da admissibilidade da denúncia contra o presidente da República, Michel Temer, por crime de corrupção passiva será no dia 2 de agosto, no retorno dos trabalhos legislativos após o recesso parlamentar. Serão 25 minutos para a defesa, 25 minutos para o relator. Em seguida, tem início a discussão, com dois parlamentares para um lado e dois para o outro. Depois começa a discussão, que segundo o regimento, pode ser encerrada após requerimento de encerramento de discussão. Rodrigo Maia reafirmou que após se atingir o quórum de 342, terá início a votação. O objetivo é evitar que a votação seja judicializada e questionada no Supremo Tribunal Federal. Conforme a Constituição, quando o presidente da República é acusado por crime comum, o julgamento cabe ao Supremo Tribunal Federal. Mas, para que o STF analise o caso, é preciso a autorização da Câmara.

(AGÊNCIA BRASIL).