14 de Dezembro de 2017 | 19:02:17

12/08/2017 | Especiais / Viagem e Turismo

Barretense recomenda turismo de aventura e montanhismo pela Serra da Mantiqueira

André Souza destaca subida da Pedra do Baú a 1.950 metros acima do nível do mar

Barretense recomenda turismo de aventura e montanhismo pela Serra da Mantiqueira

CONQUISTA: Barretense conseguiu chegar até o topo da Pedra do Baú após escalar montanha
Divulgação

Ampliar foto

O jornalista barretense André Souza viveu uma incrível experiência na Serra da Mantiqueira, divisa dos Estados de São Paulo e Minas Gerais. Ele viajou até a cidade de São Bento do Sapucaí (500 km de Barretos) para realizar a subida da Pedra do Baú, uma formação rochosa com 300 metros de altura e localizada a  1.950 metros acima do nível do mar. Segundo ele, a experiência da escalada exige bastante disposição e concentração para que o topo seja alcançado. O passeio começa com uma trilha de aproximadamente  uma hora pela Mata Atlântica até chegar à base da Pedra do Baú.

A partir desse ponto, os turistas recebem equipamentos de segurança para a prática do montanhismo (capacete, cordas, mosquetão)  e orientações de guias experientes. “A subida até o topo demora aproximadamente uma  hora e é feita pela chamada via ferrata  que são grampos e escadas de ferro pregados na rocha”, disse.  O percurso é vertical na maior parte, exigindo bastante concentração e condicionamento físico dos aventureiros.“Dá um pouco de medo sim, mas a vista é impagável, a paisagem é incrível e o ar puro, um pouco gelado, torna tudo sensacional. No topo da montanha é ainda mais especial, dá pra ficar por algumas horas meditando, observando o pôr do sol e agradecendo à Deus por tanta beleza natural”, descreveu.

De acordo com André, a descida da montanha é feita pelo mesmo trajeto sendo possível assistir ao pôr do sol no alto da Serra da Mantiqueira. O passeio termina com a trilha noturna, sob luz de lanterna, mostrando a realidade de como é a vida na mata sem a interferência do ser humano. O jornalista explicou que a região tem um complexo montanhoso com três formações rochosas: a Pedra da Ana Chata, a Pedra do Bauzinho e a Pedra do Baú (a mais alta) e que recebe esse nome devido ao formato.

Além do passeio de aventura, o local é bastante procurado por turistas devido ao clima frio. A cidade de São Bento do Sapucaí está entre os 15 municípios do Estado de São Paulo considerados Estâncias Climáticas.  “Recomendo o passeio pra todos os públicos, mas principalmente para quem gosta de trilha e aventura. O lugar tem um friozinho gostoso e a cidade é bastante receptiva e acolhedora. Tem restaurantes, pousadas com ambiente  bem familiar. Até durante a subida da pedra a gente vê os pais com as crianças se aventurando”, finalizou.