19 de Agosto de 2017 | 04:25:37

13/08/2017 | Polícia / Polícia

Polícia Militar detém três pessoas por tráfico de entorpecente

Um rapaz e dois menores foram surpreendidos vendendo a droga em via pública

Polícia Militar detém três pessoas por tráfico de entorpecente

Policiais apreenderam R$ 610,00 em dinheiro, celulares e doze microtubos com a droga
divulgação

Ampliar foto

Um rapaz de 22 anos  e dois adolescentes de 17,  foram detidos pela Polícia Militar por tráfico de entorpecente, no bairro Califórnia  em Barretos, por volta das 21 horas de sexta – feira.

As equipe de Força  Tática, tático 033 – sargento Hespanhol, cabo Claudinei e soldado Juarez, tático 034  - sargento Roberto, cabos Duarte e Mattos, comando de força patrulha – tenente Bissaro e cabo Marcelo, cgp1 – sargento Lopes e cabo Fernandes  participaram da ocorrência.

Os policiais receberam  uma denúncia de que os três envolvidos estariam realizando o tráfico de drogas, no cruzamento  das vias Felicio  Baroni e Cristiano Carvalho.

O lugar  é conhecido como ponto de tráfico, e as equipes  surpreenderam os três suspeitos, encontrando em poder do rapaz de 22 anos um microtubo com cocaína e R$ 340,00 em dinheiro.

Ele assumiu a prática do tráfico de drogas em companhia dos adolescentes, dizendo que o dinheiro encontrado era proveniente da venda do entorpecente  naquela noite.

Um dos adolescentes portava uma meia, dentro da cueca contendo 11 microtubos com cocaína com o peso de 14g e um telefone celular.

O segundo  adolescente portava a quantia de R$ 270,00 em dinheiro e também um celular. Diante dos fatos, os três foram apresentados no Plantão Policial. 

O rapaz confessou que desde a tarde estava realizando a venda da droga e teria vendido 26 microtubos  com cocaína e gastou  parte do dinheiro com alimentação e corte de cabelo.

O  delegado Edison Winning autuou o rapaz pelo crime de tráfico, associação e corrupção de menores determinando que fosse recolhido à cadeia de Colina.

Em relação aos dois adolescentes ambos foram apreendidos por tráfico e recolhidos em celas separadas para serem apresentados ao Promotor da Infância e da Juventude.