24 de Novembro de 2017 | 03:24:12

16/08/2017 | Política / Política

Prefeito recua e retira da Câmara projetos contra servidores

Matérias foram debatidas em reunião com vereadores da bancada de sustentação

Prefeito recua e retira da Câmara projetos contra servidores

PAUSA: Vereadores participaram de sessão ordinária na segunda-feira (17) e agora retornam os trabalhos dia 28 de agosto, após a Festa do Peão
Assessoria Câmara

Ampliar foto

O prefeito Guilherme Ávila retirou projetos na Câmara  que estavam com pareceres de inconstitucionalidade atestados pela Comissão de Justiça e Redação.  As propostas do chefe do Executivo eram de que, em casos de afastamentos, os servidores substitutos não recebessem valores correspondentes ao do titular como forma de proporcionar economia ao município. O prefeito Guilherme Ávila sugeriu que fossem revogados dispositivos das leis complementares 68/2006, 125/2010, 156/2011 e 300/2016. A argumentação é de que na iniciativa privada, quando ocorre o afastamento do titular de alguma função, o substituto não necessariamente recebe a diferença em seu salário, razão pela qual o Poder Público estaria se adequando a tal prática.

PEDIDO: O assunto foi debatido em reunião de bancada com o prefeito que reconheceu a importância de fazer as retiradas. “O bom senso partiu de uma bancada que procurou o prefeito e demonstrou a ele a situação dos funcionários que nos procuraram e pediram apoio”, disse Aparecido Cipriano (PP). Segundo Carlão do Basquete (PROS), o prefeito teve humildade em ouvir a bancada. “Esses projetos não seriam interessantes e iria desmotivar os servidores que perderiam suas gratificações mesmo substituindo seus titulares”, comentou. Euripinho Naben (PDT) disse que votaria contra as matérias e que também foi procurado por servidores.

“O prefeito é um funcionário público  e esses projetos não vão de encontro com a realidade de quem presta importantes serviços, espero que não aconteça de novo esses desgastes”, ressaltou.  Luiz Umberto Sarti (PTB) parabenizou a atitude da bancada de sustentação e do prefeito Guilherme Ávila. “Tudo que for ao encontro dos anseios dos servidores terá meu apoio, os vereadores da base foram sábios evitando que os funcionários não fossem prejudicados e é sempre melhor valorizar os efetivos”, ponderou. A vereadora Paula Lemos (PSB) também destacou o bom senso. “Parabenizo o prefeito, mas quero pedir que pare de enviar projetos que tirem os benefícios dos servidores que são a alma da administração e não é assim que faz economia”, finalizou.