17 de Novembro de 2017 | 19:18:02

14/11/2017 | Especiais / Agronegócio

Comissão regional cria alternativas para ampliar pecuária de leite

Trabalho será intensificação de pastagens abordando manejo e adubação corretos

Comissão regional cria alternativas para ampliar pecuária de leite

TRABALHO: Veterinário Renato Soares de Souza confirmou trabalho para aumentar produção de leite
Tininho Júnior

Ampliar foto

Uma comissão formada por representantes de setores do agronegócio está debatendo alternativas para ampliar a pecuária de leite na região. A proposta atende  prioridade da Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento para desenvolvimento da bovinocultura leiteira incluindo ações  conjuntas respeitando a peculiaridade de cada município. O veterinário Renato Soares de Souza disse que na regional Barretos será desenvolvido projeto relacionado à intensificação de  pastagens. “Se o produtor tiver em sua propriedade uma pastagem com manejo e adubação corretos conseqüentemente a produção vai elevar”, disse. Para a ação, a CATI promove reuniões com membros do Sindicato Rural e secretarias de agricultura de outros municípios com objetivo de formatar a ideia.

“A intenção é de que em fevereiro ou março já possamos começar esse trabalho”, disse Renato. Segundo ele, mesmo que  o produtor tenha número reduzido de animais e área, pode aumentar sua produtividade de leite. “Não é preciso muito animais, basta ter qualidade adequada da pastagem e um manejo correto”, afirmou. A comissão deve voltar a se reunir na primeira quinzena de janeiro. “Gostaria que os produtores soubessem que esse trabalho está disponível na CATI e que estamos preparados para auxiliar da melhor forma possível”, finalizou. Na prática, os grupos de coordenação regional vão coletar as informações e demandas necessárias para iniciar os projetos.

A intenção é que todas as regionais tenham autonomia para conduzir os projetos. A Secretaria de Agricultura e Abastecimento também quer dar espaço aos agricultores familiares.