19 de Outubro de 2018 | 00:21:39

13/02/2018 | Política / Política

CPI da Santa Casa aciona justiça para obter informações bancárias

Plenário da Câmara deverá decidir sobre contratação de auditor

CPI da Santa Casa aciona justiça para obter informações bancárias

META: Objetivo da CPI é averiguar os motivos que levaram o hospital a ter dificuldades financeiras
Tininho Junior

Ampliar foto

O vereador Carlão do Basquete (PROS), que preside a CPI da Santa Casa, confirmou pedido à justiça para obter informações bancárias sobre depósitos identificados em nome de pessoas e empresas. A medida foi adotada após  negativas de duas agências bancárias em fornecer a documentação referente ao hospital.

“Precisamos saber se essas transações são verídicas e dois bancos na cidade se negaram a informar a autenticidade das transferências”, disse o presidente. “Agora buscamos na justiça talvez uma quebra de sigilo e a partir das informações faremos as intimações”, acrescentou.

Os extratos e transferências já haviam sido questionados pelo ex-vereador Juninho Leite em 2016. Um arquivo com as denúncias circulou inclusive em rede social.  A comissão pedirá novo prazo para conclusão dos trabalhos devido aos mais de seis mil documentos digitalizados e encaminhados ao MPF e MP. 

Março foi o último prazo de dilação solicitado pelos vereadores. “Não tem como terminar porque não depende só de nós”, argumentou. Outra situação que amarra o andamento da CPI é a contratação de auditor. O presidente informou que dos três orçamentos apresentados o valor máximo chegou a R$ 200 mil. “Não temos conhecimento técnico e precisamos desse profissional,   o poder de decisão será do plenário quandos os vereadores deverão votar  se a Câmara vai contratar ou não”, finalizou.