16 de Agosto de 2018 | 02:00:40

13/02/2018 | Polícia / Polícia

Assaltantes são detidos pela PM durante roubo em loja

Um dos criminosos apontou a arma para os policiais e acabou ferido

Assaltantes são detidos pela PM durante roubo em loja

Capitão Frugeri observa as folhas com antecedentes criminais dos dois criminosos. As duas armas garruchas utilizadas pelos assaltantes foram apreendidas
Ronaldo Moura

Ampliar foto

A Polícia Militar deteve dois assaltantes durante roubo em uma loja de materiais para construção, na avenida  Cecap 16, no bairro Benedito Realindo Correa (Cecap II) em Barretos, por volta das 17h28 de sábado (10).

Uma equipe da PM através dos policiais Rivas e Marcelo, durante patrulhamento pela  rua João Cavalini, percebeu quando um munícipe sinalizou com a mão,  que algo estranho estaria ocorrendo no interior da loja.

Os policiais de imediato desembarcaram, e quando se aproximaram visualizaram os dois assaltantes, ambos de capacetes e  armados com garruchas, os quais ameaçavam os funcionários e clientes do estabelecimento comercial.

A equipe deu ordem aos criminosos para que largassem as armas e se entregassem.

Um dos indiciados  de nome “André”, 25, obedeceu largou a garrucha de calibre 32 municiada  e deitou-se no chão com as mãos na cabeça.

Enquanto que o comparsa de nome “Kelves”,  resistiu apontando a arma em direção aos policiais militares.

Diante da situação, um dos policiais efetuou três disparos contra o criminoso, o qual ainda se abrigou com o comparsa atrás do balcão.

Os policiais entraram na loja visando preservar a integridade dos funcionarios e clientes que estavam acuados. A  equipe visualizou “Kelves” atrás de uma mesa de madeira ainda segurando a  garrucha de calibre 38 municiada.

Foi dada novamente ordem  para que  soltasse a arma, ele não atendeu  apontando a garrucha pela segunda vez em direção aos  policiais e acabou alvejado com outros dois disparos.

Os policiais recuperaram mais de R$ 400,00 em dinheiro da loja  em poder dos criminosos.

Os dois assaltantes  foram algemados, o que estava ferido foi socorrido pelas equipes do SAMU e do Corpo de Bombeiros e levado para o Pronto – Socorro da Santa Casa onde permaneceu sob escolta  policial.

O médico plantonista teria informado a equipe do Plantão Policial, que o ferido  foi alvejado com cinco disparos de arma de fogo, porém, não corre risco de morte.

A polícia apurou  que os dois indiciados possuem passagens,  “André”, é natural de São Paulo, estava  em Barretos havia dois meses, e possui passagens por roubo, furtos e tráfico de entorpencentes.  “Kelves” passagens por envolvimento com drogas. 

  O delegado Edison Winning determinou  a elaboração do flagrante contra os assaltantes pelos crimes de tentativa de roubo, resistência, porte ilegal de arma de fogo.

Também foi incluída a lesão corporal decorrente da intervenção policial.

  “André”  ficou recolhido à cadeia, enquanto que o comparsa  assim que tiver alta do hospital, também deverá ser levado para o Centro de Detenção Provisória.

COMANDANTE ELOGIA TRABALHO DOS POLICIAIS E CONFIRMA QUE AÇÃO FOI  LEGÍTIMA

O Capitão Paulo César Frugeri comandante da 1ª Companhia da PM, esteve no Plantão Policial, acompanhando todo o desenrolar da ocorrência, e deu  início ao  inquérito policial militar, aberto para apurar a ação dos policiais.

O comandante elegiou o trabalho dos  policiais que conseguiram impedir o roubo e preservar  as vítimas. 

“ Brilhante o trabalho dessa equipe cabos Rivas e Marcelo. Todo o dinheiro foi recuperado, todas as vítimas e policiais saíram ilesos. Somente o infrator que quis agir contra o Estado foi alvejado. A ocorrência foi perfeita ao nosso ver e da sociedade. A ação extramamente legitima dos policiais no estrito cumprimento do dever, na legitima defesa tanto deles, quanto dos funcionários e clientes da loja” concluiu o Capitão Frugeri.