24 de Abril de 2018 | 18:10:11

17/03/2018 | Especiais / Viagem e Turismo

City tour pela bela e versátil Dubai encanta família barretense

Amanda e os pais Helena e Luiz conheceram parte moderna e histórica

City tour pela bela e versátil Dubai encanta família barretense

CULTURA: Amanda Frizzo ficou encantada com a estrutura da cidade de Dubai
Divulgação

Ampliar foto

Dubai é a maior cidade dos Emirados Árabes Unidos  localizada na costa do Golfo Pérsico. A barretense Amanda Frizzo e os pais Helena e Luiz aproveitaram um city tour para conhecerem a parte moderna com prédios monumentais incluindo o mais alto do mundo “Burj Khalifa” e o At The Top, observatório no 124o andar.

Na parte antiga e histórica, a família fez passeio de barco, visitou mercado de ouro e se aventurou em um safari no deserto. “Considero o melhor passeio que já fiz até o momento, nos deparamos com a imensidão e diversão ao subir e descer dunas”, disse Amanda. Ao final, um oásis em meio ao deserto completou o passeio inesquecível. “Desembarcamos em um acampamento para degustar um jantar com comidas árabes, assistir apresentações de dança do ventre e fizemos as típicas tatuagens de rena nas mãos”, contou.

O tour contou  com visita ao esplendoroso Hotel Atlântis the Palms e  passagem pela cidade de Abu Dhabi que está se abrindo ao turismo. “Visitamos a Mesquita Sheikh Zayed e como os Emirados Árabes gostam muito dos superlativos lá tem o maior tapete feito à mão do mundo”, lembrou. “Por fim conhecemos o Dubai Parks, que deseja concorrer com a Disney e já tem três parques com muita diversão, tecnologia e montanhas-russas incríveis”, acrescentou.

Amanda recomenda o roteiro para todas as idades devido às possibilidades para todos os públicos. “Apesar da viagem ser acessível, se manter lá é um pouco caro porque todo esse luxo tem um preço”, alertou. Segundo Amanda, tudo é esplendoroso e a diferença cultural é marcante. “Para entrar na Mesquita, por exemplo, precisamos seguir as regras da religião deles e apesar de no primeiro momento achar um pouco difícil é muito interessante estar imerso em uma cultura totalmente diferente da nossa”, finalizou.