18 de Agosto de 2018 | 15:35:56

15/05/2018 | Especiais / Agronegócio

Produtor tem até dia 31 de maio para fazer cadastro ambiental rural

Documento é obrigatório e reúne informações sobre tamanho das propriedades

Produtor tem até dia 31 de maio para fazer cadastro ambiental rural

APOIO: Cyro Penna Jr confirmou que Sindicato Rural está disponível para ajudar produtores rurais
Tininho Junior

Ampliar foto

Termina dia 31 de maio o prazo para que todos os imóveis rurais do país sejam inscritos no CAR, o Cadastro Ambiental Rural. A função do banco de dados é reunir informações precisas sobre o tamanho das propriedades rurais, da área cultivada e da área de proteção permanente, entre outras informações com imagens de alta resolução.

A inscrição  é obrigatória e independe do tamanho das terras, sendo o  primeiro passo para obtenção da regularidade ambiental do imóvel e passar a ter os benefícios previstos no Código Florestal, a Lei 12.651/2012. Caso não regularize o imóvel, o produtor fica impossibilitado de solicitar licenciamentos ambientais, além de ter restrição a crédito bancário e ser impedido de fazer modificações nos registros de imóveis nos cartórios. 

Com o CAR, é possível compor a base de dados para controle, monitoramento, planejamento ambiental e econômico e combate ao desmatamento.

O Sindicato Rural do Vale do Rio Grande está à disposição para auxiliar o produtor rural e as informações podem ser obtidas pelo (17) 3323-1433. O presidente Cyro Penna Jr alerta para que os produtores não deixem para última hora. “Quem não fizer terá uma série de restrições como estar impedido de  averbar o imóvel ou tirar financiamento bancário”, disse.

A sanção também prevê que as usinas e frigoríficos não poderão comprar de produtores em situação irregular. “No primeiro momento, esses são os principais problemas se não fizer o cadastro até o dia 31”, acrescentou.  Outra forma de tirar dúvidas é através da Casa da Agricultura pelo  (17) 3322-8482.