22 de Maio de 2018 | 10:54:15

17/05/2018 | Opinião / Editorial

Faz o coração bater com alegria

A fragilidade humana é testada diariamente, em incidentes e acidentes

Um jovem empresário barretense manifestou em família seu temor com as operações cardíacas. As cirurgias consideradas um "sucesso" deixam sequelas e restrições, quando não levam a óbito pouco depois, na fase de recuperação, argumentou durante almoço com seus pais.

Há um evidente exagero, especialmente quando se perde um amigo justamente após "êxito" da operação cardíaca. Um dia a visita, em ambiente de ânimo renovado, a surpreendente notícia do falecimento.  Acontece que a fragilidade humana é testada diariamente, em incidentes e acidentes. Uma simples queda pode ser traumática e até gripe pode desencadear diferentes sintomas.

É diante deste mistério de vida e saúde, doença e cirurgias, procedimentos e capacitação técnica e profissional, que a inauguração do novo serviço de cardiologia da Santa Casa deve ser "comemorada com o coração aberto".

A cidade estava carente dos serviços de atendimento. Mesmo com bons cardiologistas na cidade, o melhor tratamento estava em Rio Preto, na rota para São Paulo.

A recuperação da saúde barretense -  depois de período de grave crise sistêmica - aparece gerando esperança e confiança. O plano envolve as unidades básicas, mais leitos, serviços e tratamentos. Promessas de investimentos estadual e federal.  É preciso realmente dar um jeito de fazer "bater" com alegria o coração barretense e garantir um corpo sadio e uma mente sábia.