22 de Maio de 2018 | 10:30:19

17/05/2018 | Esporte / Futebol

BEC espera apoio da prefeitura para reforma do estádio

Falta de campo regularizado pode dificultar participação na Copa Paulista

BEC espera apoio da prefeitura para reforma do estádio

CAMPO: Milton mostra relatório da FPF com reparos a serem feitos no estádio Fortaleza
Tininho Junior

Ampliar foto

O diretor Milton Aparecido da Silva informou que o Barretos Esporte Clube espera ajuda da prefeitura para a regularização do estádio Fortaleza. O campo onde o Touro deverá jogar a Copa Paulista, a partir de agosto, foi interditado pela Federação Paulista após vistoria do vice-presidente de Infraestrutura, Isidro Suita, no início deste mês.

Entre os itens apontados, estão reparos nas arquibancadas, degraus, vestiários, nivelamento do gramado e adaptação para o padrão FIFA, dentre outros. Segundo Miltão, pelo fato de o estádio ser municipal, cabe o investimento do poder público para as adequações necessárias.

“A maior parte das obras já foi realizada, com o AVCB e a parte da Polícia Militar, que estão aprovados. Tiramos fotos das 41 páginas que demonstram os reparos a serem feitos e fizemos o protocolo na prefeitura com o Guilherme Ávila, juntamente com a secretaria de Obras. É um estádio municipal e é a prefeitura que tem que colocar o estádio em condições nas exigências da Federação”, contou o diretor lembrando que o projeto de concessão do estádio ao clube, aprovado em outubro do ano passado pela Câmara Municipal, não inviabiliza reformas da prefeitura no estádio. O diretor teve confirmação após conversa com o vereador Otávio Alves Garcia.

De acordo com Milton Aparecido da Silva, se o campo do BEC não estiver em condições, o time pode mandar os jogos em outra cidade, mas a meta é deixar o estádio Fortaleza apto para jogos oficiais. “Se quiser mandar a Copa Paulista em seu estádio, tem que começar o mais rápido possível esses reparos”, disse.

Miltão informou que falta apenas a assinatura de um termo de compromisso para que o grupo de empresários de Porto Ferreira seja responsável por gerir o futebol profissional do BEC na Copa Paulista.