22 de Maio de 2018 | 10:57:24

17/05/2018 | Esporte / Crônica do Esporte

23 nomes e pouca novidade

Por Rodrigo Pessoa

O técnico Tite anunciou a lista dos 23 convocados para a Copa do Mundo na Rússia sem muita surpresa entre os nomes. Além do time base, os suplentes também eram esperados. As dúvidas eram poucas, com Cássio como 3º goleiro, Geromel ganhando a 4ª opção de zaga, Fred na reserva do meio de campo e Taison como alternativa para o setor ofensivo. Segundo o comandante, a palavra de ordem nesta equipe é equilíbrio, e que cada jogador – titular ou reserva – foi escolhido por se encaixar em um estilo de jogo.

Ele considerou o histórico deles pela Seleção e o momento vivido. Como o Brasil tem mais de 200 milhões de “técnicos” da Seleção Brasileira, na minha condição, acredito que a lista poderia ser um pouco diferente. Faltou um jogador no banco, que quando Tite precisasse mudar a partida, pudesse chamá-lo. Espero estar errado, mas Taison não tem este perfil, que poderia ser preenchido por Luan, do Grêmio, talvez. Além disso, poderia ter a presença de algum jovem promissor como forma de “preparação” para o próximo mundial, assim como foi Ronaldo em 94 e Kaká em 2002, por exemplo. O meio-campista Arthur, do Grêmio, seria interessante. Acredito e confio no trabalho de Tite, que pegou uma equipe desacreditada com chances de não ir à Copa e foi o primeiro time confirmado no mundial. O elenco foi bem escolhido, com critério e está preparado. Agora o que nos resta é torcer!

Rodrigo Pessoa é jornalista