22 de Maio de 2018 | 10:28:58

18/05/2018 | Polícia / Polícia

Polícia Militar detém suspeito por tráfico de entorpecente no Conjunto Newton Sopa

Indiciado foi surpreendido durante operação das equipes de Força Tática

Polícia Militar detém suspeito por tráfico de entorpecente no Conjunto Newton Sopa

Policiais apreenderam microtubos com cocaína, maconha, celular e dinheiro durante operação de combate ao tráfico
divulgação

Ampliar foto

Um homem de 23 anos foi detido pela Polícia Militar, por  tráfico  por tráfico de entorpecente,  no Conjunto Newton Siqueira Sopa em Barretos, às 18h59 de quarta – feira.

As equipes do Pelotão de Força Tática, Tático 90  - Sargento Figueira, Cabos Domingues e Soldado Juarez, Tático 34  - Sargento Roberto, Cabos  Duarte Júnior e Mattos,  CANIL – Cabos Ederson e Anderson  com os cães “Héctor” e “Sadam”,  e ROCAM – Cabos Claudinei e Rodrigo Ribeiro realizaram uma operação conjunta que culminou na detenção do indiciado e apreensão de drogas e dinheiro.

O autor estava  sentado cima do compartimento de armazenamento de gás do condomínio, e ao perceber a chegada das viaturas correu em direção ao bloco 9, segurando uma sacola.

Ele entrou em um apartamento no 1º andar que estava com a porta aberta,  e através da janela de um dos quartos  dispensou a sacola contendo 52 microtubos na cor azul cheios de cocaína pesando 44 g, sete microtubos vermelhos também com cocaína pesando 15 g além de 13 porções de maconha com o peso de 39 g.

A sacola com as drogas  acabou  recuperada pela polícia. 

O suspeito  pulou a janela da cozinha, saltou no pátio e correu e foi detido dentro do apartamento de uma faxineira de 23 anos no  bloco 11. 

A mulher também acabou detida, ao querer  impedir a entrada da polícia no imóvel e tentar  agredir um  dos policiais. 

O  indiciado portava celular, e R$ 250,00 que  ele confessou ser proveniente do tráfico de drogas. O cão farejador “Héctor” encontrou no sofá  uma pequena porção de maconha com o peso de  2 g.

Durante a entrada da polícia no apartamento, um desconhecido pulou a janela e fugiu.

A  moradora disse que era o irmão dela, mas não soube dizer o motivo da fuga. 

A  delegada Denise Vichiato Polizelli, no Plantão Policial, ratificou a voz de prisão contra o sujeito de 23 anos por tráfico e determinou ao escrivão Umberto César Pereira a elaboração do flagrante, sendo o indiciado recolhido à cadeia.

Em relação a mulher foi elaborado  um termo circunstanciado pelos crimes de resistência e favorecimento pessoal, sendo ela liberada.