24 de Setembro de 2018 | 04:53:49

24/06/2018 | Cidade / Cidade

Mobilização constata crianças em trabalho infantil

Assistência Social promove ato de conscientização sobre o tema

Mobilização constata crianças em trabalho infantil

APOIO: Equipe da Secretaria de Assistência Social atuou na conscientização de munícipes
Tininho Junior

Ampliar foto

A mobilização da Secretaria de Assistência Social constatou três crianças trabalhando em idade abaixo do permitido pelo ECA. O ato pela conscientização contra o trabalho infantil aconteceu no centro da cidade, com distribuição de panfletos e abordagens.

A secretária Carmem Bordalho informou que a equipe anotou informações das crianças e para quem estavam prestando serviço. “Esses dados serão encaminhados para o CREAS que vai tomar as providências necessárias”, disse. Trabalho infantil é toda forma de ocupação realizada por crianças e adolescentes abaixo da idade mínima permitida, que no Brasil é de 16 anos. “Comemoramos dia 12 de junho o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, fizemos várias ações em Barretos e finalizamos com essa abordagem e conscientizando sobre a importância de dizer não a isso”, destacou Carmem.

Munícipes que passaram pelo calçadão receberam material explicativo e as crianças ganharam cataventos. Vendedores e empresários das lojas também receberam orientação.  “As pessoas que começaram a trabalhar muito cedo acham que com as crianças deve acontecer o mesmo, mas antes dos 16 anos não é permitido porque precisam de formação escolar e do convívio que faz parte do ser humano”, observou.

ORIENTAÇÃO: Panfleto distribuído informa que é considerado trabalho infantil: o uso de crianças em escravidão, trabalhos forçados, tráfico, servidão por dívida, exploração sexual, pornografia, recrutamento militar e conflitos armados e atividades que ofereçam risco à saúde física e moral das crianças. Em Barretos, as denúncias podem ser feitas pelo 3322-9906 (Conselho Tutelar), 9 9191 6934 (plantão), 3322 1208 (CREAS) e Disque 100.