18 de Outubro de 2018 | 15:53:28

18/07/2018 | Política / Política

Inadimplência de R$ 4,6 milhões força SAAE ajuizar ações

Números apurados são referentes a janeiro de 1993 a novembro de 2017

Inadimplência de R$ 4,6 milhões força SAAE ajuizar ações

SITUAÇÃO: SAAE ampliou cortes no fornecimento de água para consumidores inadimplentes
Tininho Júnior

Ampliar foto

A inadimplência de con­sumidores com o SAAE soma R$ 4.611.947,77 no período de janei­ro de 1993 a novem­bro de 2017. Segundo a autarquia, desse total R$ 3.647.700,16 são re­ferentes às residências, R$ 117.072,05 são dívi­das das indústrias e R$ 847.175,56 deixaram de ser pagos pelo comér­cio. São 591 execuções fiscais por falta de paga­mento com valores rece­bidos de R$ 124.095,95 entre 1996 e 2013. O superintendente Sílvio Brito informou que os consumidores inadim­plentes são notificados dos débitos e, em caso de não pagamento, é feito o corte no fornecimento de água e ajuizada ação de execução fiscal.

“Estamos em um trabalho constan­te para aumentar a efici­ência de nosso setor de corte, mas, sempre dando a oportunidade aos mu­nícipes para que possam acertar seus débitos”, dis­se. Sílvio destacou que o maior desafio da autar­quia é manter o equilíbrio financeiro, uma vez que não foram autorizados reajustes necessários para cobrir custos de captação, tratamento e distribui­ção. “Outro grande de­safio será manter o nível de investimentos porque os recursos próprios não são suficientes e cada vez mais dependemos de re­cursos do Fundo Estadu­al de Recursos Hídricos”, ressaltou. No primeiro se­mestre de 2018, o SAAE realizou cerca de 720 li­gações de água, média de 120 por mês.

POÇO: O superinten­dente confirmou que as obras no Poço das Co­mitivas estão em fase fi­nal. A previsão é de que entre em funcionamento na próxima semana. “A obra proposta foi bem sucedida, fizemos a lim­peza dos filtros e esta­mos realizando os testes de vazão”, finalizou.