12 de Dezembro de 2018 | 10:34:57

11/08/2018 | Esporte / Crônica do Esporte

2º semestre: prioridades e desgaste

Por Rodrigo Pessoa

O 2º semestre não será fácil para times que disputam mais de uma competição. Flamengo, Grêmio, Santos, Palmeiras e Corinthians estão simultaneamente em Campeonato Brasileiro, Libertadores e Copa do Brasil. Entre os oito primeiros times do Brasileirão, apenas Internacional (3º) e Atlético-MG (5º) têm apenas o campeonato nacional até o final da temporada. O revés em um momento anterior, pode ser a sorte para colorados e atleticanos. Enquanto os adversários se sacrificam para cumprirem intensa rotina de jogos e viagens, as equipes podem se preparar fisicamente e psicologicamente para o Brasileirão.

Mesmo com elencos poderosos, Flamengo e Palmeiras, por exemplo, já sofrem com a dedicação – neste momento – para a Libertadores. Priorizar campeonato nacional ou internacional é relativo. Pode ser bom para o São Paulo não seguir na Copa Sul-Americana, cuja taça os tricolores já ostentam em sua galeria e representa, mas não é tão representativa quanto um Brasileirão, que o clube tem reais chances de ganhar neste ano. Já para Corinthians e Santos, que dificilmente brigarão pelo Brasileiro-18, enfatizar Copa do Brasil ou Libertadores – ou até mesmo ambas – pode ser bom negócio. Pensar desta forma só é possível porque o calendário nacional é extremamente desgastante para os times. É praticamente impossível ir com força máxima em todas as frentes. A temporada brasileira é um teste de resistência.

Rodrigo Pessoa é jornalista