15 de Dezembro de 2018 | 00:26:52

15 de Dezembro de 2018 | 00:26:52

03/10/2018 | Economia / Economia

Varejo paulista deve contratar 23 mil temporários

Os supermercados concentrarão cerca de 25% das vagas

Varejo paulista deve contratar 23 mil temporários


Ilustração

Ampliar foto

O comércio varejista do Estado de São Paulo deve contratar 23 mil trabalhadores temporários para o fim do ano. O número representa redução de 3% em relação aos 23,7 mil admitidos em 2017.

A estimativa é da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Essas admissões atenderão ao movimento mais intenso de clientes decorrente do período de festas, que se inicia em outubro e ganha força em novembro, mês que historicamente registra a maior geração líquida de vagas formais no varejo paulista, segundo a entidade. Metade das vagas devem ser abertas pelo varejo de vestuário, tecidos e calçados. Os supermercados concentrarão cerca de 25% das vagas e o restante será dividido, principalmente, entre os segmentos de eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamentos, lojas de móveis e decoração, farmácias e perfumarias. A Federação estima ainda que o varejo da Capital deve concentrar cerca de dez mil dessas vagas temporárias.