11 de Dezembro de 2018 | 16:20:34

14/10/2018 | Esporte / Crônica do Esporte

Esporte, felicidade e eleição

Por Luis Otavio Martins

 “É preciso buscar algo que proporcione felicidade também na prática do esporte”. A oportuna obser­vação feita por um barretense ao receber homena­gem da imprensa nos leva à reflexão sobre aspectos muitas vezes neglicenciados na correria do dia a dia.

No momento em que se esquece esta premissa, que deveria nortear nossa conduta nas mais diferentes áreas – seja na família, no trabalho ou nas relações sociais – algo está errado.

A oportunidade de conversar com as pessoas, co­nhecer realidades distintas, conviver com as diver­gências é algo motivador na atividade profissional na imprensa. E permite até mesmo ouvir verdades incontestes como esta.

Em meio às más notícias, no turbilhão das fake news às vésperas de um processo eleitoral em que aflora o radicalismo, é sempre bom ouvir que o esporte é também fonte de felicidade. Algo verdadeiro e puro, até mesmo singelo, mas que pode mudar comporta­mentos e gerar novas perspectivas.

O esporte deve sim ser visto como fonte de felicida­de, pois de fato o é para muita gente, inclusive para o barretense que incorporou o ciclismo na sua rotina de vida.

Incentivar a prática esportiva é missão dos que bus­cam um país melhor. Tomara que nossos futuros go­vernantes não percam esta perspectiva, que vai mui­to além do discurso vazio de campanha.

Luis Otavio Martins é jornalista