18 de Novembro de 2018 | 23:13:55

17/10/2018 | Especiais / Empregos e Oportunidades

Carreira de professor inspira jovens e desafia profissionais

Docentes e alunos destacam importância da educação para a sociedade

Carreira de professor inspira jovens e desafia profissionais

UNIFEB: Alunos Kerla e Paulo com o professor André na sala de metodologia ativa
Tininho Júnior

Ampliar foto

O Dia do Professor foi comemorado na últi­ma segunda-feira para homenagear a “carrei­ra que ensina todas as profissões”. Segundo os próprios docentes e também alunos, a pouca valorização da profissão ainda é um desafio. Nem mesmo o cenário desafiador desanimou Paulo Hen­rique Alves e Kerla da Silva Ramos Sierra, alunos do primeiro ano de Pedagogia do Uni­feb. A oportunidade de transmitirem conheci­mento e contribuírem na formação de outras pessoas são alguns dos fatores. “A educação precisa ser revista. O país só vai conseguir caminhar e ficar em um status bom quando a educação for priori­dade, e não só mais um fardo a ser carregado”, disse o aluno Paulo Henrique, que lembrou. “A criança passa mais tempo dentro da sala de aula com o professor do que com os próprios pais”, complementou. A estudante Kerla, após se formar em Direito, decidiu seguir para a Pedagogia. “Fazemos parte de um grupo na contramão dos acadêmicos. A gente escolheu ser educador porque acredito que a educa­ção é a única forma de melhorar a sociedade. Uma sociedade edu­cada é uma sociedade transformada. E vive­mos uma fase em que a mudança é muito necessária. Eu sempre quis ser professora, desde criança”, con­tou Kerla, que afirmou que ser professora é um sonho que está se tornando realidade.

O administrador André Daniel Moleiro faz par­te do time de profes­sores do Unifeb. Após ingressar a carreira com atuação prática, ele viu na docência a oportu­nidade de fazer o que realmente gosta. André destacou os desafios que os professores mais jovens têm hoje em dia. “O professor é res­ponsável não somente para passar conteúdos aos alunos referentes às disciplinas que ele ministra, mas também para formar o caráter. O professor que entra hoje tem que estar an­tenado nas novas me­todologias. Hoje temos um aluno que recebe muitas informações, por estar conectado à internet, então o pro­fessor tem que se adap­tar a esse novo aluno. No caso, utilizando me­todologias em que você coloca esse aluno como protagonista, e não mais como mero recep­tor de conhecimento”, contou o professor do Unifeb. Valéria Mauro Recco, secretária mu­nicipal de Educação, afirmou como o profes­­sor pode ser importante para o desenvolvimento de um aluno.

“O pro­fessor é o responsável pela mudança. Sempre digo que nós somos responsáveis por fazer a mudança acontecer na sala de aula. Hoje percebemos que recebe­mos alunos de todo tipo de formação. E a nossa responsabilidade é dar oportunidades iguais para que eles possam realizar seus sonhos”, contou a dirigente, que é também professora de Matemática. Valéria lembrou que o professor da rede municipal tem também função que vai além da transmissão de conhecimento. “Rece­bemos alunos desde os quatro meses de idade. Por mais que a função do professor seja dar oportunidade para que o aluno aprenda e co­nhecer toda a estrutura, sabemos que muitas vezes o professor acaba educando o aluno tam­bém, dando amor, dan­do carinho e impondo limites. É um trabalho diferenciado que ocor­re nas escolas e é uma responsabilidade muito grande”, explicou.