23 de Outubro de 2019 | 07:27:40

23 de Outubro de 2019 | 07:27:40

23/10/2012 | Esporte / Crônica

Atlético cantou de galo

Por Fernando Carvalho

Espetacular - assim foi o melhor jogo do Brasileirão entre Atlético-MG x Fluminense, em partida realizada neste domingo no estádio Independência, em Belo Horizonte, com vitória de 3x2 para o Galo mineiro. O emocionante jogo foi considerado por muitos torcedores e membros da imprensa esportiva, como a final antecipada, entre o vice-líder e atual líder da competição.

Após a rodada, o Fluminense tem 59 pontos e o Atlético-MG tem 53, portanto, seis pontos separam os únicos candidatos ao título. Claro que as chances matemáticas ainda são enormes para o clube carioca, mas, abriu uma pequena luz no fim do túnel do time mineiro.

O jogo realmente foi eletrizante, com muitas bolas nas traves e fazendo o goleiro do Flu, Diego Cavalieri trabalhar bastante e praticar ótimas defesas. E como o ataque do Fluminense sempre mostra competência, desta vez não foi diferente - mesmo o time sendo pressionado, foi o time das Laranjeiras quem abriu o placar com Wellington Nem.

Na sequência, o atacante Jô marcou dois gols em belas jogadas de Ronaldinho Gaúcho virando a partida para o Galo. Mas, a estrela de Fred - artilheiro isolado da competição - voltou a brilhar e ele marcou mais um, somando agora 16 gols no Brasileirão.

E aos 47 minutos do segundo tempo, após cruzamento de Ronaldinho Gaúcho na área, Leonardo Silva aproveitou metendo a cabeça e virou novamente o placar para o Atlético-MG. O Galo jogou muito e mereceu vitória que empolgou sua fanática torcida, levando muitos deles às lagrimas. Boa sorte ao clube mineiro!

Em tempo: está dando gosto ver Ronaldinho Gaúcho jogar tudo que sabe.!!

"Adauto Chupetinha"

Após a final da novela "Avenida Brasil" que agitou todo o país, e com o episódio do personagem Adauto que perdeu um gol após ser "zoado" por outro jogador que relembrou seu trauma de infância, dizendo em seu ouvido que ele era o "Chupetinha", fazendo-o assim, errar um pênalti para o Divino, a zoação estava implícita no ar.

Era de se esperar que qualquer lance parecido levasse a muita gozação. E não deu outra, e justamente com o Luis Fabiano do São Paulo, que já havia perdido pênalti em partida do meio de semana, e agora, domingo, contra o Flamengo, ao se preparar para bater um pênalti, veio o centroavante Vágner Love, do Flamengo, e falou algo para o atacante do tricolor paulista, que na cobrança, perdeu o lance, chutando nas mãos do goleiro Felipe.

Foi o suficiente para os torcedores anti-São Paulo e a própria mídia esportiva da Globo apressar-se em taxar Luis Fabiano de novo "Adauto Chupetinha". Daí, já viu, né, além do calor e do horário de verão do domingão, foi duro ter que aguentar, inclusive no Facebook, as milhares de brincadeiras e gozações sobre o fato.

Mas, faz parte do futebol e do bom humor do brasileiro. Vamos em frente.!! Chupetinha, tsc, tsc..!!

Fernando Carvalho