18 de Novembro de 2018 | 23:12:57

08/11/2018 | Cidade / Cidade

Caso de tuberculose em aluna mobiliza programa de saúde

Secretaria de Saúde confirma diagnóstico e anuncia medidas de controle

Caso de tuberculose em aluna mobiliza programa de saúde

Secretaria de Saúde funciona no antigo prédio do Vocacional
Tininho Junior

Ampliar foto

A secretaria de Saúde de Barretos confirmou diagnóstico de tuberculose em uma aluna, com idade adulta e necessidades especiais, mas informou que a causa do óbito foi devido a outros problemas de saúde. “Todas as medidas de controle protocolares foram tomadas na instituição que ela frequentava pelo Programa Municipal de Tuberculose”, informou a secretaria, que não
divulgou o local onde ela estudava. Apesar do esclarecimento oficial, a confirmação do caso gera preocupação em pais, professores, funcionários e demais pessoas que conviviam com a aluna, por se tratar de doença infectocontagiosa. O contágio ocorre através do ar, quando o indivíduo respira o ar contaminado com o bacilo de Koch, causador da infecção.

Este contágio pode ocorrer quando se está perto de uma pessoa com tuberculose, especialmente quando se convive no mesmo ambiente. A principal forma de se prevenir é através da vacina BCG, que é tomada na infância. Além disso, é recomendado evitar ficar em locais onde haja pessoas com suspeita da infecção, exceto nos casos em que já se esteja realizando o tratamento
de forma correta há mais de 15 dias, além de preferir permanecer em ambientes ventilados e iluminados.