18 de Novembro de 2018 | 23:31:59

11/11/2018 | Esporte / Crônica do Esporte

Triste abandono

Por Luis Otavio Martins

Alguém ouviu falar na campanha para presidente, governador, senador ou deputado dos planos dos candidatos para o esporte? Aliás, algum candidato chegou a abordar o assunto ou ao mesmo comentar superficialmente no horário eleitoral gratuito ou em sua rede social?

Será que ninguém enxerga que o incentivo ao esporte de base tem papel fundamental, a longo prazo, para colaborar na resolução de muitos dos problemas considerados prioritários no país, como segurança pública, saúde e educação? 

Será que algum político, depois que assume o cargo público qualquer que seja, está de fato preocupado em fomentar a formação de atletas para que o Brasil não continue eternamente apenas como o país do futebol?

Será que algum dia os jovens talentos neste imenso país terão apoio efetivo e verdadeiro do poder público?  Será que a educação física nas escolas algum dia será reconhecida por seu devido valor?

Uma pena que somente migalhas sejam destinadas ao esporte de base. Parece que tem dinheiro para tudo neste Brasil de privilégios, divisões, rancores e contrastes, menos para se investir nas futuras gerações.

Luis Otavio Martins é jornalista