19 de Dezembro de 2018 | 07:51:26

19 de Dezembro de 2018 | 07:51:26

04/12/2018 | Polícia / Polícia

Condutor do carro que atropelou e matou adolescente presta depoimento

Ele se apresentou ao 1º Distrito Policial

Condutor do carro que atropelou e matou adolescente presta depoimento

Veículo Peugeot foi apresentado com danos e apreendido
Luis Nascimento

Ampliar foto

Um garçom de 19 anos se apresentou na segunda – feira (3),  no 1º Distrito Policial, confirmando ser o motorista do Peugeot  207, que atropelou e causou a morte de um adolescente de 14 anos às 4 horas da madrugada de quinta – feira (29), no bairro Luís Spina em Barretos. O atropelamento ocorreu na rua João Cavalini, próximo à mata, e segundo informações, o menino estava sentado no meio da rua, quando ocorreu o acidente. O garçom e o passageiro prestaram depoimento ao delegado Fernando César Galletti.

O condutor  alegou que dava uma volta de carro com o amigo, quando ao entrar no bairro Luís Spina, algumas pessoas  o mandaram desligar o farol, e logo em seguida, ele sentiu um solavanco e ao parar, percebeu que havia atropelado a vítima. Ele alegou  que estava em velocidade compatível e não poderia imaginar que por volta das 4 horas da madrugada, havia um garoto deitado em um local sem iluminação. O garçom disse que prestou socorro, acionando o SAMU e precisou abandonar o carro, após ser agredido por algumas pessoas.

“Ele alega que foi  orientado por populares a transitar com os faróis desligados, e que  vítima estava deitada no solo, razão pela qual não a viu, ocorrendo o atropelamento. Disse ainda que foi lá atrás de algumas amigas. Eu perguntei se ele teria ido comprar drogas, ele negou. Nós havíamos instaurado o inquérito como homicídio culposo na direção de veículo automotor e fuga de local de acidente, mas a fuga parece que não houve, pois a razão deles terem se evadido era porque estavam sendo agredidos”, disse o delegado Fernando César Galletti.