17 de Julho de 2019 | 22:36:53

17 de Julho de 2019 | 22:36:53

12/01/2019 | Polícia / Polícia

Vendedora de roupas é ameaçada de morte ao cobrar cliente

Caso foi registrado no 1º Distrito Policial

Vendedora de roupas é ameaçada de morte ao cobrar cliente

1º Distrito Policial em Barretos
Luis Nascimento

Ampliar foto

Uma vendedora au­tônoma de roupas de 51 anos foi ameaça­da de morte por uma cliente que se recusou a pagar pelos produtos comprados. A vítima procurou a polícia e disse que vendeu al­gumas peças de con­fecções femininas para uma mulher, que é dona de uma sorve­teria na cidade.

Após várias cobranças por telefonema sem resul­tado, a vendedora foi pessoalmente ao esta­belecimento da clien­te com máquinas de cartão de crédito na intenção de resolver o assunto. Chegando na sorveteria, a vítima contou que foi trata­da com grosseria pela proprietária, que se recusou a pagar e não iria devolver as roupas compradas. Depois dis­so, a dona da sorvete­ria pegou a vendedora pelos braços e a jogou contra um freezer, cau­sando-lhe uma lesão nas costas. A agressora disse para a vendedo­ra não retornar mais em seu estabelecimen­to, caso contrário iria matá-la. O caso foi re­gistrado no 1º Distrito Policial de Barretos.