14 de Outubro de 2019 | 01:19:54

14 de Outubro de 2019 | 01:19:54

24/01/2019 | Especiais / Gastronomia

Sommelier da Adega Garcia indica rótulos da estação

Vinhos de verão são ótimas pedidas para os dias mais quentes e podem ser frutados, refrescantes e informais

Sommelier da Adega Garcia indica rótulos da estação

VINHOS DE VERÃO: Nas opções rosé, branco ou tinto casa perfeitamente com a estação mais quente do ano
Divulgação

Ampliar foto

Muita gente pode achar que vinho é uma bebida de inverno e que não combina mui­to com o calor do ve­rão. Mas para os verda­deiros apreciadores da bebida, não há tempo ruim: existem diversos rótulos e tipos de vi­nho de verão que são ótimas pedidas para os dias mais quentes.

Segundo Douglas Vasconcelos, somme­lier da Adega Garcia afirma que é preci­so saber escolher os exemplares ideais. “No caso dos vinhos de verão, o serviço deve ser próximo de 14ºC e, se há dificuldades de controle da tempe­ratura, é melhor exa­gerar no resfriamen­to. Vale lembrar que a essa bebida não se adiciona gelo, uma vez que essa ação altera suas características e pode prejudicar a real essência ao paladar”, conta. Refresque-se com as dicas desta edi­ção. Cheers!

VINHOS BRANCOS E ESPUMANTES
O verão é tempo de espumantes, brancos e rosé mais ácidos, leves e refrescantes como os vinhos chilenos: Arti­fice cuprum chardon­nay branco 2015, arti­fice cuprum sauvignon blanc branco 2015, ar­tifice terra chardon­nay branco 2015, ar­tifice terra sauvignon blanc branco 2016. E o vinho portugues pe branco 2015.

Nos casos de espu­mante, a leveza é ain­da mais acentuada devido à gaseificação. Estes podem formar a harmonização perfei­ta com uma das comi­das mais consumidas em todas as refeições: as saladas. Seja como aperitivo, entrada ou como principal, pedir um exemplar branco para acompanhar esse prato, é uma ótima es­colha.

VINHOS ROSÉ
Um bom rosé como o Vinho Português Pe Rosé 2015, pode ser uma grande compa­nhia para pratos mais suaves, como carne de peixe, petiscos, paella, caldeirada, arroz a la marinera e até mesmo para um piquenique.

VINHOS TINTOS DE VERÃO
Dê preferência aos exemplares mais jo­vens (prontos para o consumo de dois a quatro anos), mais frutados e os com menos contato com madeira. O teor alco­ólico, o corpo e a ta­nicidade (responsá­vel pela percepção de adstringência) devem ser moderados. Den­tre algumas sugestões estão: Vinho Francês wines pr rendez-v tt pinot noir tinto; Chi­leno Ventisqueiro re­serva pinot noir tinto 2014 e Laroche pinot noir tinto 2013; Vi­nho Português Alan­dra tinto 2015 tinto e Vinho Italiano Sta Dorotea montepul­ciano d. abruzzo tinto 2014. Eles combinam com embutidos, pre­suntos, rosbife, mas­sas e queijos pouco gordurosos.


TENDÊNCIA:
Consumo de espumantes cresce em todo o mundo. O vinho preserva qualidade no processo e é leve. As borbulhas de CO2 que se formam durante o serviço são denominadas perlage


SUAVE SABOR:
Alimentos e refeições mais leves harmonizam bem com a bebida