25 de Agosto de 2019 | 10:43:41

25 de Agosto de 2019 | 10:43:41

24/02/2019 | Especiais / Saúde e Bem Estar

Doação de sangue ajuda a salvar vidas, diz coordenadora do hemonúcleo

Ana Paula Borges diz que um voluntário pode ajudar até quatro pessoas

Doação de sangue ajuda a salvar vidas, diz coordenadora do hemonúcleo

EMERGÊNCIA: Ana Paula mostra estoque totalmente vazio no hemonúcleo do Hospital de Amor
Tininho Junior

Ampliar foto

A coordenadora do hemonúcleo do Hospital de Amor de Barretos, Ana Paula Borges, reforçou a importância de doar sangue e disse que a atitude ajuda a salvar vidas. Ela disse que a atual situação dos estoques é crítica. “Nossos estoques estão muito baixos, a situação está bem preocupante. Precisamos dos tipos O+ e O- e os estoques de A começaram a cair. A situação está em estado de emergência”, disse a assistente social.

DIFICULDADE
Segundo Ana Paula, este período do ano, com as férias escolares até há pouco tempo, os casos de dengue na cidade e a proximidade do carnaval fazem com que os doadores apareçam em cada vez menos número. Com isso, a colaboração do voluntário se torna cada vez mais importante. “São vários fatores que estão acontecendo e estamos com muitos pacientes internados, que precisam receber transfusão de sangue e plaquetas. Isso nos preocupa bastante”, disse.

DEMANDA
Ana Paula Borges disse que o hemonúcleo fornece sangue para os hospitais da Fundação Pio XII, para a Santa Casa, Hospital São Jorge e para quatro cidades da região.

CONVITE
Segundo a coordenadora do hemonúcleo do Hospital de Amor, o convite para doação é aos voluntários já fidelizados e a quem ainda não fez nenhuma doação. “Precisamos muito de novos doadores, porque o número de doadores que temos já não está mais suprindo nossa necessidade. E quem já doou e faz tempo que não vem, que possam comparecer”, contou.

GRUPOS
Ana Paula afirmou que uma possibilidade é a doação em grupos. Coordenadores de empresas podem liderar ações para ajudarem a suprir os estoques do hemonúcleo. “Precisamos muito da ajuda das empresas, principalmente daqui de Barretos, que conscientizem seus colaboradores. Não pedimos para que fechem e mandem todo mundo de uma vez. Mas que possam enviar dois ou três por dia já nos ajudaria bastante.

TEMPO
A coordenadora do hemonúcleo disse que são três tipos de doação, a de sangue é rápida, dura em torno de 15 minutos. A doação de plaquetas dura de uma hora a uma hora e meia. Já a doação de aférese e hemácias leva de 30 a 40 minutos.

HORÁRIO
As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 7 às 12 horas, aos sábados e domingos, das 7 às 11 horas. “A pessoa precisa estar bem de saúde, não estar gripada ou resfriada, pesar acima de 50 kg, estar com documento com foto (RG ou habilitação) e não ter tido dengue nos últimos 30 dias”, explicou Ana Paula Borges.

MENSAGEM
A assistente social deixou uma mensagem alertando para a importância de ajudar o próximo. “A gente fala que o doador de sangue está em uma posição privilegiada, de salvar vidas. Um doador de sangue pode salvar até quatro vidas. Fica aqui o nosso convite e apelo para que a população de Barretos e região possa nos ajudar nesta causa tão nobre”, finalizou a coordenadora.