20 de Outubro de 2019 | 05:56:26

20 de Outubro de 2019 | 05:56:26

28/02/2019 | Especiais / Gastronomia

Sabor do Oriente Médio impressiona à mesa

Receita de quibe gourmet leva temperos e técnica de preparo fácil

Sabor do Oriente Médio impressiona à mesa

SABOR: Raimunda, do restaurante do Cabeça,conta que o quibe atrai toda a família e integra a cultura dos povos
Jânio Munhoz

Ampliar foto

De tão apreciado no Brasil, o quibe já se tornou um dos pratos mais conhecidos da culinária brasileira. Em bares, lanchonetes, nas confraternizações e rodadas com amigos a iguaria é uma boa pedida e muitas vezes se esquece que este salgado de carne e trigo tem origem árabe e que só chegou aqui por contribuição dos imigrantes sírio-libaneses.
“Frito, assado ou cru, o quibe é preparado com carne moída, trigo e temperos como cebola, hortelã e pimenta”, conta a cozinheira Raimunda, do restaurante do Cabeça em Barretos.
O nome quibe tem origem na palavra árabe “kubbeh”, que significa “bola”. Por aqui, a versão mais apreciada do quibe ganha ainda mais apreciadores nesta versão gourmet.
Dica: Dizem os mais experientes que as melhores carnes para o prato são a alcatra, o patinho e o contrafilé, pois têm pouca gordura ou nervo ou até mesmo a carne de carneiro.

INGREDIENTES
500 gramas de patinho moído
3 de cebolas roxas picadas
2 colheres de chá de pimenta do reino
1/4 colher de chá de canela em pó
1/4 colher de chá de cravo em pó
1/4 colher de chá de noz moscada em pó
2 colheres de chá de sal
1 xícara de hortelã picado
1 xícara de salsinha picada
3 colheres de sopa de manteiga
água morna
cream chease
tomate seco
raspas de limão

MODO DE PREPARO:
Hidratar o trigo na água por 30 minutos e espremer a água.Misturar todos os ingredientes e massagear com as mãos até ficar bem homogêneo e macio. Molde em formato de circulos e frite em óleo aquecido.

MONTAGEM:
Decore com alface o fundo do prato. Na sequência o quibe, a camada de cream cheese, as raspas de limão e as tiras de tomate seco. Bom apetite!