23 de Setembro de 2019 | 12:55:01

23 de Setembro de 2019 | 12:55:01

23/03/2019 | Especiais / Viagem e Turismo

Diversidade cultural e de roteiros encanta turistas que visitam o Maranhão

Centro Histórico, teatro, cidades e praias são atrativos no estado brasileiro

Diversidade cultural e de roteiros encanta turistas que visitam o Maranhão

CULTURA: Centro Histórico é um dos cartões postais da capital maranhense
Mala de Aventuras

Ampliar foto

A diversidade cultural e a possibilidade em ro­teiros encantam os turistas do Brasil e exterior que visitam o Maranhão. Na capital São Luís, o ideal é incluir passeios como os lençóis Mara­nhenses e atrativos que remetem não somente ao lazer como conhecimento da história.

CENTRO HISTÓRICO: Foi tombado pelo Iphan em 1974 e inscrito como Patrimônio Mundial em 1997. O cartão postal da capital maranhense conta com cerca de 4 mil cons­truções coloniais, com traços e azulejos de influ­ência principalmente por­tuguesa.

CASA DO NHOZI­NHO: É um museu ins­talado num casarão de 4 andares, na Rua Portugal. O lugar reúne o melhor da arte maranhense, sendo que boa parte são obras do Nhozinho, além de pe­ças indígenas, utensílios de pesca, entre outros.

TEATRO ARTHUR AZEVEDO: Erguido no auge do ciclo do algodão por comerciantes por­tugueses, tem estilo ne­oclássico com detalhes em rococó. As visitas internas são guiadas, de terça a sexta-feira, das 14 às 17 horas com valor a R$ 2.

PRAIA SÃO MARCOS: Localizada a 5 km do cen­tro, a preferida da turma jovem e dos surfistas e praticantes de kitesurf. Conta com bares, quios­ques e calçadão, sua paisa­gem é formada por dunas cobertas de vegetação. No local se encontra também a Praça dos Pescadores com a tradicional escultu­ra metálica dos pescado­res puxando a rede.

SÃO JOSÉ DO RIBA­MAR: É uma cidade re­pleta de belezas naturais e paisagens que enchem de orgulho e encantam quem visita a cidade. Possui en­cantadoras praias urba­nas com boa estrutura de pousadas e restaurantes. Possui paraísos de praias desertas e belas paisagens naturais com águas cal­mas, muito sol e perfeitas pra quem quer relaxar ou se aventurar em acampa­mentos e ecoturismo. É também o roteiro religio­so mais visitado do Ma­ranhão.