23 de Maio de 2019 | 06:41:39

23 de Maio de 2019 | 06:41:39

23/04/2019 | Especiais / Agronegócio

Propriedades terão fiscalização para conferência de dados sobre seguro

Objetivo da Conab é verificar 431 apólices em 11 estados brasileiros

Propriedades terão fiscalização para conferência de dados sobre seguro

ANÁLISE: Ministério da Agricultura é responsável por informar sobre propriedades rurais beneficiadas com seguro rural
O Vigilante online

Ampliar foto

A Companhia Nacional de Abastecimento vai fiscalizar, de abril a junho, 56 mil hectares de propriedades rurais beneficiadas pelo Programa de Subvenção ao Prêmio do Seguro Rural. Cerca de 50 técnicos da estatal vão percorrer lavouras, pastos e florestas para conferir os dados declarados na contratação do seguro rural, como a área segurada, a cultura e demais informações contidas na apólice.

Nesta fiscalização, a Companhia deve vistoriar 431 apólices nos seguintes estados: Bahia, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins. A cada quadrimestre, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento envia à Conab uma lista com uma amostragem em torno de 2% de todas as apólices beneficiadas.

As operações do programa devem ser fiscalizadas para comprovar as informações e dados contidos nas apólices ou certificados de seguro rural e confirmar o recebimento da subvenção federal. Com a apólice e a proposta de seguro, além do Laudo de Fiscalização fornecido pelo Mapa e as instruções em mãos, o fiscal verifica se o produtor contratou a apólice de seguro; se cultivou a cultura na área indicada na apólice, observando a existência ou os vestígios; e se confirma o recebimento da subvenção federal por meio do desconto financeiro para a aquisição da apólice de seguro.