19 de Setembro de 2019 | 07:58:22

19 de Setembro de 2019 | 07:58:22

26/05/2019 | Esporte / Futebol

Miltão contesta ação e diz que jogador abandonou o BEC

Barcos aciona clube e pede R$ 40 mil no caso que envolveu sua saída

Miltão contesta ação e diz que jogador abandonou o BEC

DEFESA: Milton disse que a audiência será na quarta-feira no fórum barretense
Tininho Junior

Ampliar foto

O presidente de honra Milton Aparecido da Silva informou que o jogador Gabriel Barcos entrou com uma ação contra o Barretos no caso que envolveu a saída do atacante do clube em abril de 2018. Segundo o dirigente, Barcos pede R$ 40 mil pelo BEC não o ter liberado para o Cianorte, que disputou a série D do Campeonato Brasileiro no ano passado. “Ele foi para a Justiça contra o Barretos. Não podíamos ter liberado o Barcos naquela semana, porque contávamos com ele para a partida decisiva contra a Portuguesa Santista”, informou o diretor.

De acordo com Miltão, Gabriel Barcos deixou o clube com contrato em vigor, sendo o Barretos o principal prejudicado. “Eles não pagaram nada para ter o jogador. O Barcos abandonou o emprego e prejudicou o plantel. A equipe tinha chance de subir para a série A-2 e ele era o artilheiro da equipe. Isso criou um clima intranquilo e desmotivou o plantel”, disse Milton Aparecido da Silva. “Nós ainda chamamos o Barcos para voltar e fazer o último jogo, até oferecemos viagem para ele retornar”, concluiu.

A audiência que trata sobre o caso está marcada para esta quarta-feira (29) no fórum de Barretos. O advogado Renato Santana atuará em defesa do clube.

CASO
O atacante Gabriel Barcos era artilheiro do Barretos na série A-3 de 2018, com 10 gols, quando foi anunciado como reforço do Cianorte (PR) para a série D do Campeonato Brasileiro no dia 16 de abril. Na ocasião, o BEC estava se preparando para a segunda semifinal da série A-3 e enfrentaria a Portuguesa Santista no domingo seguinte no litoral paulista, no confronto que valia o acesso para a divisão superior.