23 de Setembro de 2019 | 02:29:54

23 de Setembro de 2019 | 02:29:54

11/06/2019 | Cidade / Cidade

Minerva esclarece sobre férias coletivas na unidade de Barretos

Minerva esclarece sobre férias coletivas na unidade de Barretos

Empresa diz que atividades serão retomadas no dia 1º de julho
Divulgação

Ampliar foto

 A empresa Minerva Foods informou que concederá férias cole­tivas aos funcionários da unidade de Barretos de 17 a 30 de junho de 2019, para a realização de manutenção preven­tiva nas instalações e equipamentos. O obje­tivo é garantir a con­servação adequada das instalações e a eficiên­cia máxima da opera­ção. As atividades serão retomadas a partir do dia 1º de julho.

Em nota a empresa informou que a inicia­tiva acontece simulta­neamente à suspensão temporária das expor­tações de carne bovina pelo Ministério da Agri­cultura, Agropecuária e Abastecimento (MAPA), devido à confirmação de um caso de Encefalo­patia Espongiforme Bo­vina Atípica (“EBB”) no estado do Mato Grosso.

“Conforme já divul­gado ao mercado, a Mi­nerva Foods acredita que a suspensão das ex­portações brasileiras é temporária e deverá ser retomada em um curto espaço de tempo, uma vez que, desde 2015, a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) exclui a ocorrência de casos de EEB atípica para efeitos do reco­nhecimento do status oficial de risco do país, já que a doença pode ocorrer de forma espon­tânea e esporádica em todas as populações de bovinos do mundo”, in­formou.

A empresa lembra ainda que, por meio de sua operação no Brasil, realiza as exportações para a China via unida­de de Barretos, na qual conta com capacidade diária de abate de 840 cabeças. Neste período, as encomendas de car­ne bovina para a China poderão ser redirecio­nadas para a sua sub­sidiária Athena Foods, que tem capacidade 6,7 vezes maior para aten­der as demandas do país asiático, por meio de três plantas de abate no Uruguai, que possuem capacidade total de 3.200 cabeças/dia, além da planta de Rosário (Argentina), que possui capacidade diária de abater 2.400 cabeças.