22 de Setembro de 2019 | 09:24:55

22 de Setembro de 2019 | 09:24:55

04/07/2019 | Especiais / Gastronomia

Savegnago indica os melhores rótulos e harmonizações para o inverno

Com a queda na temperatura, os vinhos tintos são os preferidos por serem mais encorpados, com textura e volume

Savegnago indica os melhores rótulos e harmonizações para o inverno

VARIEDADE E SABOR: João Paulo Rodrigues, atendente de vinho do Savegnago Supermercados, orienta clientes de todos os paladares
Tininho Junior

Ampliar foto

Vinho é uma bebida que pode ser degustada em qualquer época do ano. E com a chegada do inverno e a queda de temperatura, ele assume de vez o posto de protagonista, principalmente nas ocasiões especiais. Segundo João Paulo Rodrigues, atendente de vinho do Savegnago Supermercados, a estação pede pratos quentes e mais encorpados, como sopas, fondues, massas, risotos e carnes, que harmonizam muito bem com a bebida.

“Os vinhos encorpados são os que mais combinam com os dias frios, uma vez que transmitem uma sensação de calor e aconchego ao corpo, sendo os tintos os que mais harmonizam com os pratos da estação”, afirma.
Porém, Rodrigues frisa que também há bons rótulos de vinhos brancos para serem apreciados no inverno. “Sauvignon Blanc e Chardonnay são vinhos brancos com presença no paladar e harmonizam muito bem com frutos do mar, saladas em geral, peixes com sabores acentuados e massas à base de molho branco”, explica.

E para garantir o melhor sabor do vinho, Rodrigues orienta servi-lo na temperatura correta. “Cada vinho tem sua temperatura ideal. Mas, no geral, deve ser servido entre 12 e 16 graus, sendo que cada rótulo traz sua indicação.”Até o dia 24 de julho, o Savegnago promove a 9ª Expo-Vinho, com mais de 400 rótulos de vinhos nacionais e importados, vindos de países como Chile, Argentina, Uruguai, França, Espanha, Alemanha, Itália e Portugal.

DICAS PARA A ESTAÇÃO
Vinhos tintos

CABERNET SAUVIGNON: Aromas de amora, cassis, floral, violeta. Quando envelhecido em carvalho traz notas de cacau, coco e baunilha. Com taninos encorpados, acentuados e boa estrutura. Harmoniza bem com queijos como Grana Padano, parmesão e carnes vermelhas.

CARMENERE: Aromas herbáceos, frutas vermelhas - como ameixa - e notas vegetais. Médio corpo, taninos suaves e uma persistência média no paladar. Harmoniza bem com queijos de sabor delicado, carnes brancas e massas com molho não muito condimentado.

MALBEC: Vinho intenso em cor e com aromas de amora e especiarias. Quando jovem possui um médio corpo, seus taninos são presentes e sua persistência na boca é longa. Harmoniza bem com carnes vermelhas condimentadas e carnes de caça.

MERLOT: Aroma de ameixa, cereja preta e groselha. Médio corpo, taninos macios e se dá muito bem misturado com Cabernet Sauvignon. Harmoniza bem com queijos suaves como gruyère ou masdam e massa a base de molho de tomate.

TANNAT: Estrutura e de cor intensa, muito tanino, notas de cassis, framboesa, ameixa e marmelo, caramelo e especiarias. Ácido, duro. Se a uva é madura, o vinho envelhecido em barrica de carvalho torna-se suave. Harmoniza bem com carnes vermelhas e condimentos com molhos fortes.

Vinhos brancos
CHARDONNAY: Aroma de frutas amarelas como pêssego, melão e maracujá. Possuem uma acidez média e quando passam por carvalho adquirem notas de manteiga e baunilha. Harmoniza bem com peixes com sabores acentuados e massas à base de molho branco.

SAUVIGNON BLANC: Aroma de frutas cítricas como limão e abacaxi. Possui alta acidez, vinho leve e refrescante. Harmoniza bem com frutos do mar, saladas em geral ou peixes delicados.