23 de Setembro de 2019 | 10:49:27

23 de Setembro de 2019 | 10:49:27

14/07/2019 | Economia / Economia

Pesquisas de preços auxiliam consumidor

Pesquisas de preços auxiliam consumidor

O órgão de defesa do con­sumidor tem sede admi­nistrativa na avenida 23, nº 720, entre as ruas 18 e 20
Tininho Júnior

Ampliar foto

 As pesquisas realizadas pelo Procon Barretos so­bre os preços praticados em supermercados são ferramentas para que o consumidor possa decidir onde comprar. A coloca­ção é de Márcia Neves Prieto, encarregada do setor de educação para o consumo.

No caso dos 21 produtos da lista da cesta básica - incluindo gêneres alimentícios, de higiene e limpeza - o levantamento é realizado em cinco estabelecimen­tos (Savegnago, Barre­tense, Manolo, Extra e Tome Leve) que se dis­põem espontaneamente a responder o questioná­rio de preços enviado por email pelo Procon. Már­cia Prieto disse alguns es­tabelecimentos preferem não responder a pesquisa e que não há como exigir que divulguem seus pre­ços.

“A pesquisa é feita por email, porque des­de 2018 não temos mais guardinhas (guardas mirins) para fazer o le­vantamento presencial”, contou. A metodologia inclui a divulgação dos menores preços dos pro­dutos pesquisados, inde­pendente da marca.

Márcia Prieto diz que a rede Atacadão, recém inaugurada em Barretos, também será consulta­da sobre a possibilida­de de seus preços serem incluídos na pesquisa mensal. “Vamos entrar em contato e ver se eles querem participar”, afir­ma. A pesquisa da cesta básica e os levantamen­tos de preços de produtos hortifruti e carnes são divulgadas mensalmen­te no site www.procon. barretos.sp.gov.br, além da página do Facebook e blog do Procon Barretos. “Geralmente as pessoas pesquisam em nossos ca­nais e fazem o acompa­nhamento dos preços”, conta Márcia.

A respon­sável pela área de edu­cação para o consumo diz que os levantamento de preços da cesta bási­ca não pode ser conside­rada como indicador da inflação barretense por trazer os menores preços de cada estabelecimento de produtos de diferentes marcas. Ainda segun­do ela, o mês de agosto, mesmo com a vinda de milhares de turistas para a Festa do Peão, não traz alterações significativas em relação aos preços praticados.

Márcia Prie­to explica que o Procon Barretos divulga três pes­quisas mensais: a da ces­ta básica geralmente até a primeira semana, a de produtos hortifruti até a segunda semana e a de carnes na terceira. O órgão de defesa do con­sumidor tem sede admi­nistrativa na avenida 23, nº 720, entre as ruas 18 e 20, e também posto de atendimento ao público no Poupatempo, no Nor­th Shopping Barretos.