13 de Outubro de 2019 | 22:08:29

13 de Outubro de 2019 | 22:08:29

19/07/2019 | Política / Política

PL busca candidato a prefeito e novas cadeiras no Legislativo

Presidente Paulo Correa confirma convites para compor quadros do partido

PL busca candidato a prefeito e novas cadeiras no Legislativo

ATUAÇÃO: Vereador Paulo Correa preside o diretório municipal do PL
Jac Brito

Ampliar foto

O diretório municipal do Partido Liberal (PL) pretende lançar candidatos ao Executivo e Legislativo em 2020. O presidente Paulo Correa informou que o nome a prefeito poderá sair tanto dos quadros do partido quanto fora da legenda.

Para isso, o diretório tem feito convites para novas filiações. “Temos no partido o major Mauro que foi bem votado para deputado estadual e a Luciana Costa que já foi deputada federal e suplente, mas não podemos descartar a possibilidade de outras pessoas se filiarem ao partido e caminharmos juntos na eleição a prefeito”, disse.  Lançar candidato na eleição majoritária em 2020 é uma das prioridades do PL. “É importante também para a chapa de vereadores, atrai mais filiados e pessoas com vontade de disputar a eleição”, acrescentou.

LEGISLATIVO: Atualmente, o PL tem apenas uma cadeira na Câmara ocupada pelo vereador Paulo Correa. A meta do partido é ampliar esse número para até cinco vagas. “Com um time forte de candidatos a vereadores podemos alcançar esse número, mas depende de uma conjuntura com chapa para prefeito e estrutura de campanha”, destacou. O Partido Liberal também está convidando novos filiados para disputar o pleito Legislativo no ano que vem. “Estamos abertos ao diálogo para mostrar como o PL funciona e  temos experiência para mostrar às pessoas”, ponderou.

PERFIL: O PL deverá fazer pesquisa para saber do eleitorado qual o perfil de candidato a prefeito esperam. Paulo Correa citou a primeira eleição de Guilherme Ávila onde os munícipes optaram por um candidato mais novo. “Temos que renovar essa expectativa  na comunidade, atender o apelo e colocar um candidato a prefeito da maneira que a população quer”, enfatizou.

OPINIÃO: O vereador criticou a proposta de Raphael Dutra (PSDB) para reduzir de 17 para 13 as vagas na Câmara. “Estamos três gestões com o mesmo subsídio e acho que esse projeto não passa. Todo final de mandato aparece um para reduzir o subsídio ou diminuir as vagas, isso traz ibope. É preciso respeitar a Casa onde trabalhamos, 17 vereadores vão atender muito mais a população, respeito a opinião mas não vejo que esse é o caminho”, finalizou.